Saltar para conteudo

Sinopse

DDD 2024 no TMP

Catarina Miranda

ATSUMORI

Abril

2024

Ter
30/4
Qua
1/5

Sinopse

ATSUMORI parte da peça de teatro japonesa noh Atsumori, escrita por Zeami Motokiyo no século XV, para criar um espetáculo ancorado no movimento, na luz e no som, onde se cruzam espectros e memórias, passado e presente, técnicas ancestrais e linguagens futuristas. Catarina Miranda pegou nesta peça para desenvolver a sua própria narrativa em torno de uma dança fantasmagórica apotropaica, abordando as relações com o mal, o desconhecido, o invisível. O quinteto de intérpretes recorre a palmas, apitos, faíscas, sussurros e chamamentos vocais, enquanto explora o território através de uma coreografia intersticial e rítmica, num jogo de espectros, sombras e metamorfoses. Há ecos e vestígios do gestuário de danças ancestrais e danças sociais contemporâneas, aqui torcidas e reconfiguradas, como se os corpos e o tempo fossem desdobráveis, desmembráveis, transitáveis. Com Letícia Sckrycky e Joana Mário, é construído um espaço cénico vivo, com um piso e um teto luminosos, amplificados pela composição sonora original de Lechuga Zaphiro. A cenografia desempenha um papel ativo neste jogo de espectros, revelando os corpos que se dissolvem, que se transformam, que procuram emergir e coexistir. — Catarina Miranda

futuros

fantasmagoria

tecnologia

iridescência

espectros

© Catarina Miranda

Info sobre horário e bilhetes

Ter

30.04

21:30

Qua

1.05

17:00

Campo AlegreAuditório

bilhetes

Informação adicional

  • Preço 
    12€
  • Duração 
    1h
  • Classificação etária 
    6+

Acessibilidades do espetáculo

Acessível a pessoas em cadeira de rodas
Sem texto

Texto biografia autores

Catarina Miranda desenvolve e apresenta projetos de criação para palco, a partir de discursos ficcionais, através das linguagens dança, voz, cenografia e luz. Tem formação no EXERCE-ICI-CCN, Montpellier, França. É licenciada em artes visuais pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, estudou teatro noh, Japão. Do seu percurso destaca os projetos Cabraqimera, POROMECHANICS, Dream is the Dreamer, Mazezam, Boca Muralha e Reiposto Reimorto, apresentados em Lisboa, Porto e Ponta Delgada, Colónia, Bolzano, Liège, Plovdiv, Roma, Quioto, São Vicente e Umeå. É cofundadora do coletivo musical COBRACORAL.

Ficha técnica

  • Direção artística, coreografia, figurinos
    Catarina Miranda

    Cocriação coreográfica
    Cacá Otto Reuss, Joãozinho Costa, Lewis Seivright, Maria Antunes, Melanie Ferreira

    Interpretação
    Cacá Otto Reuss, Hugo Marmelada, Lewis Seivright, Maria Antunes, Melanie Ferreira

    Desenho de luz
    Letícia Skrycky & Joana Mário

    Composição sonora
    Lechuga Zafiro

    Conceção cenográfica
    Catarina Miranda, Joana Mário, João Brojo, Letícia Skrycky, João Ferreira

    Apoio à pesquisa dramatúrgica
    Carlos Azeredo Mesquita, Ece Canli, Fernando Oliveira, Jonathan Saldanha

    Produção executiva
    João Brojo

  • Produção
    Diagonal Animal

    Produção e difusão
    Materiais Diversos

    Coprodução
    DDD – Festival Dias da Dança, Centre Pompidou/ Spectacles Vivant, Charleroi Danse - Centre chorégraphique de Wallonie-Bruxelles, Diagonal Animal Associação Cultural, One Dance Week Festival, Teatro Aveirense, São Luiz Teatro Municipal, OOPSA

    Apoio às residências
    Teatro Municipal do Porto, CRL - Central Elétrica, Centre Chorégraphique National de Caen en Normandie, Centro Cultural da Malaposta/Minutos Redondos/Câmara Municipal de Odivelas, Montpellier Danse/Agora, O Espaço do Tempo, Teatro Académico Gil Vicente, Teatro Viriato

    Apoio
    Shuttle

Subscrevam a nossa newsletter e recebam todas as novidades sobre o TMP.

close