Saltar para conteudo

Cronologia do Rivoli

1932 — atualidade

Parte da seleção que aqui se apresenta foi realizada por Paula Gomes Magalhães (CET/FLUL) e editada por Tiago Bartolomeu Costa, no âmbito da edição dos Cadernos do Rivoli 08-09, que marca os 90 anos do Rivoli. Teve como base os anúncios publicados na imprensa, para o período 1932-1989; o livro Rivoli 1989-2006, de Isabel Alves Costa (Afrontamento, 2008) para o período 1989-2006; e a imprensa diária para o período 2006-2014. A programação do Teatro Municipal do Porto (Rivoli e Campo Alegre) desde 2015 até à atualidade pode encontrar-se na secção Calendário deste site.

1932

20 Janeiro

Quando abriu as portas, a 20 de janeiro, o Rivoli foi considerado, pela imprensa, «a última palavra em modernismo, em conforto e em bom gosto». Com cerca de dois mil lugares, renascia a partir do antigo Teatro Nacional (erguido no mesmo local), pelas mãos do empresário Manuel José Pires Fernandes, com traço do arquiteto José Júlio de Brito. Segundo o Jornal de Notícias, o Porto tinha finalmente «o seu grande teatro popular», um teatro que, pela vastidão (amplo palco e vasta plateia), podia, «a preços reduzidíssimos, dar bons espectáculos a toda a gente».

1932

20 Janeiro

A Companhia Rey Colaço – Robles Monteiro inaugurou o teatro, com Peraltas e Sécias, a mesma peça com que se tinha estreado na direção do Teatro Nacional D. Maria II. Durante um mês (entre 20 de janeiro e 20 de fevereiro) apresenta outras peças do seu repertório: Amor de Perdição, A Conspiradora, Pedro ou Jack, A Volta, Romance, Frei Tomás, Boas Noites, Greve Geral, Maridos de Hoje, Leonor Teles, Domus e Entre Giestas.

1932

26 Fevereiro

A Companhia Portuguesa de Revistas de Eva Stachino apresenta duas revistas de sucesso: Ai-lo, de Felix Bermudes, João Bastos e Alberto Barbosa (estreia a 26 de fevereiro), e Vamos ao Vira, de e José Galhardo, António Carneiro e Vasco Sant´Ana (estreia a 26 de março). Durante as apresentações de Vamos ao Vira, ficou famoso o episódio de bastidores em que Eva Stachino (estrela mexicana radicada em Portugal), agrediu a colega de palco Zulmira Miranda.

1932

13 Abril

A Grande Companhia de Circo, com os seus 40 artistas internacionais – do Coliseu dos Recreios e dos principais circos da Europa e da América – apresenta uma temporada de espetáculos entre 13 e 20 de abril. No final da temporada, a publicidade já fazia referência a 50 artistas internacionais. 

1932

29 Abril

A Companhia de Arte Popular Argentina Azucena Maizani estreia, a 29 de abril, o espetáculo Mosaicos Argentinos, uma evocação de costumes em três atos e 21 quadros, com muitos tangos à mistura.

1932

6 Maio

A Grande Companhia Dramática Portuguesa do Teatro Politeama, Empresa de António Macedo, apresenta vários espetáculos durante o mês de maio, entre eles A Menina do Coro (estreia a 6 de maio), Zazá ou A Morgadinha de Valflor. Da companhia faziam parte estrelas como Ilda Stichini, Maria Matos e Vasco Santana.

1932

2 Julho

Em julho é a vez da Companhia Popular de Operetas e Revistas – Artistas Associados, apresentar a opereta-fantasia de costumes populares História do Fado (estreia a 2 de julho) e a revista de costumes e acontecimentos do Norte, como proclamavam os anúncios, Água Fresca (estreia a 19 de julho).

1932

15 Outubro

Depois do Verão, o Rivoli reabre como cinema. No dia 15 de outubro é inaugurada a época de Inverno e o cinema sonoro, com a exibição do filme Estudante Mendigo, de Viktor Jansen, falado e cantado em alemão. As imagens em movimento passam a dominar a programação.

1932

28 Outubro

No final de outubro, o cinema é interrompido para a apresentação da fantasia em três actos, Revista do Coliseu, pela Companhia do Coliseu de Lisboa. A estreia (dia 28), foi em récita de homenagem aos «teams» do primeiro jogo Futebol Club do Porto-Astúrias, que decorreria no dia seguinte, no Campo do Ameal.

1933

7 Janeiro

A Orquestra Filarmónica de Madrid, sob a direção do maestro Perez Casas, deu três concertos no Rivoli, todos com programas diferentes (dias 7 e 8 de janeiro).

1933

14 Fevereiro

Os quatro dias que duravam os festejos de Carnaval foram assinalados com récitas da Trupe Lusitana Violetas, apelidadas de «Rainhas do Travesti», com quatro espetáculos diferentes e bailes de máscaras acompanhados por três orquestras, distribuídas pelos três salões do teatro.

1933

2 Março

A Companhia de Lucília Simões e Aura Abranches apresenta a peça Feitiço, de Oduvaldo Viana (estreia a 2 de março). O espetáculo integrava as atuações das estrelas internacionais Blanca Negri, apresentada como grande vedeta dos “music-hall” de New York, Paris, Londres, Berlim, Madrid e Barcelona, e as Hermanas Cortesinas, parelha de baile moderno. A companhia apresentou ainda as peças A Língua das Mulheres e A Rajada.

1933

24 Março

No final do mês de março (estreia a 24), a Grande Companhia Eslava de Madrid apresenta Las Faldas, Las Mimosas e Las Leandras.

1933

19 Maio

Em maio (estreia dia 19), a Grande Companhia Brasileira de Espetáculos Modernos Tró-ló-ló apresenta vários espetáculos de revista: Morangos com Creme, Salada de Frutas, Desfile Tropical, Angú de Caroço e Colcha de Retalhos.

1933

8 Dezembro

No cinema, destaque para as estreias no Porto de Fantasma Vingador (8 de dezembro) e O Teu Amor e Uma Cabana (11 de dezembro).

1934

5 Março

O cinema dominou a programação do ano, com várias estreias no Porto, mas também estreias em Portugal. Os anúncios publicados na imprensa referem como estreias no Porto: Ludibriada (5 de março), Melodia Proibida (19 de março), Nos Confins do Mundo (2 de abril), O Vagabundo (15 de abril), Uma Rapariga Feliz (20 de abril), Maridos em Férias (15 de maio), A Costureirinha de Luneville (16 de maio), Segredo de um Advogado (18 de maio), Silêncio (21 de maio), Anjo e Demónio (23 de maio), A Nave do Terror (25 de maio), e Valsas de Viena (19 de novembro). A publicidade refere ainda três estreias em Portugal: O Plano Audacioso (23 de março), O Homem Invisível (26 de novembro) e Nas Fronteiras do Amor (24 de dezembro).

1934

11 Julho

No dia 11 de julho, como complemento do filme Cântico dos Cânticos, com Marlene Dietrich, destaque para a estreia da «Revista de Actualidades Portuguesas», uma produção do Rivoli, com a chegada dos excursionistas galegos e o desafio de Futebol Porto-Boavista.

1935

7 Janeiro

Em janeiro, a exibição do fonofilme Todos os Homens São Inimigos (estreia dia 7), apresentava em palco a dupla Jimmy and Dolly, com os seus «magníficos bailados americanos», e interpretações da orquestra do Rivoli, dirigida por Horácio Borges.

1935

9 Janeiro

No dia 9 de janeiro, é realizada uma récita de homenagem à atriz Ilda Stichini, com a representação da peça A Grande Industrial, de George Ohnet, em que a homenageada fazia dupla com Alves da Costa.

1935

21 Janeiro

A Orquestra Filarmónica de Madrid, sob a direção do maestro Perez Casas, atua nos dias 21, 22 e 23 de janeiro.

1935

25 Janeiro

No dia 25 de janeiro, a Companhia de Revistas do Coliseu de Lisboa estreia O Fim do Mundo, revista de «grande espectáculo», que vivia, segundo o Jornal de Notícias da originalidade da indumentária, do dinamismo da coreografia, da espetaculosa montagem, da expressão singela da música e da sobriedade das interpretações. Entre as estrelas destacavam-se Carlos Leal, «o às dos compères» e a vedeta brasileira Vanise Meireles. A revista esteve em cena durante um mês, até 24 de fevereiro.

1935

16 Março

A Grande Companhia de Ópera Lírica apresenta várias óperas, entre elas, Aida, Rigoletto, Traviata, Madame Butterfly, Tosca e O Barbeiro de Sevilha, entre 16 de março e 7 de abril. O Jornal de Notícias destacava a «arrojada e louvável» iniciativa do proprietário do Rivoli e a «modicidade extrema dos preços, ao alcance de todas as classes sociais».

1935

3 Maio

Nos dias 3 e 4 de maio atua a Grande Orquestra Sinfónica de Madrid, composta de 80 profissionais, sob a regência do maestro Arbós.

1935

24 Junho

No cinema, destaque para várias estreias no Porto e também para as estreias em Portugal de O Ressuscitado (24 de junho), O Baile do Savoy (14 de outubro), A Noiva de Franknstein (4 de novembro), O Filho Pródigo (18 de novembro), O Homem que Reclamou a Cabeça (9 de dezembro) e A Mascote (16 de dezembro).

1935

22 Julho

Em julho, a Companhia de Ilda Stichini apresenta a peça de Vasco Mendonça Alves, O Meu Amor é Traiçoeiro (estreia a 22), com Ilda Stichini e Alves da Costa.

1936

6 Janeiro

O cinema volta a dominar quase por completo o ano, destacando-se, mais uma vez, várias estreias em Portugal: Johnny, o Costureiro (6 de janeiro), A Sinfonia do Amor (3 de fevereiro), O Lobo Humano (10 de fevereiro), Maternidade (9 de novembro), Sonho Eterno (1 de dezembro) e O Disco 413 (28 de dezembro).

1936

12 Março

Em março, a Companhia do Coliseu dos Recreios de Lisboa apresenta o espetáculo A Última Maravilha (estreia a 12), com a estrela Vanise Meireles à frente de um vasto elenco e um conjunto de 40 coristas e bailarinas.

1936

21 Março

O grande sucesso do ano cinematográfico foi a comédia musical A Canção do Triunfo (Here's to Romance), de Alfred E. Green, com o cantor Nino Martini. De acordo com o Cine-Jornal a exibição do filme no Rivoli foi um autêntico delírio. A empresa, para satisfazer o público, fazia bisar o artista nas suas canções mais aplaudidas. Acendia-se a luz (pequeno intervalo), voltava-se a fita atrás e Nino Martini voltava a fazer-se ouvir. Nos anúncios, dizia-se que o «Lucevan le stelle», da Tosca, era «bisada, a pedido do público, entre os mais delirantes aplausos. Um caso novo e inédito nos Cinemas de Portugal».

1937

4 Janeiro

Em 1937, o Rivoli assegura a estreia em Portugal dos filmes: O Homem que Desbancou Monte Carlo (4 de janeiro), Os Dois Garotos (11 de janeiro), A Rosa do Rancho (15 de fevereiro), Vencido da Vida (5 de abril), O Cantor de Sua Alteza (4 de outubro), O Sol na Vida (11 de outubro), Condottiere (1 de novembro) e Bocacio (6 de dezembro).

1937

14 Abril

Em abril, a Grande Orquestra Sinfónica da Emissora Nacional atua três noites no Rivoli, sob a direção do maestro Pedro de Freitas Branco (dias 14, 15 e 16).

1937

5 Maio

No dia 5 de maio, atua Guilhermina Suggia, acompanhada pela Grande Orquestra Sinfónica da Emissora Nacional, dirigida pelo maestro Pedro de Freitas Branco. O concerto foi também um momento de homenagem do teatro e da cidade da qual era natural, a uma das mais conceituadas artistas nacionais. Num dos intervalos do concerto, foi descerrada uma placa, a assinalar a passagem da artista pelo teatro, que ainda hoje se mantem. No dia anterior, tinha atuado a sua discípula Maria Alice Ferreira.

1937

8 Junho

Em junho, a Grande Companhia de Ópera Lírica Italiana, com artistas dos teatros Scala, de Milão, e Real, de Roma, apresenta as óperas Rigoletto, Tosca, Madame Butterfly e O Barbeiro de Sevilha (de 8 a 11).

1937

15 Novembro

Em meados de novembro, decorre a Semana do Cinema Brasileiro, com a estreia de Bonequinha de Seda (15 de novembro). Entre os complementos destaque para o filme O Carnaval no Rio de Janeiro.

1937

23 Dezembro

A 23 de Dezembro de 1937 tem lugar o concerto inaugural do Círculo de Cultura Musical do Porto, que passou a desenvolver as suas atividades no Teatro Rivoli, através do pagamento de uma renda pela sua utilização. O primeiro concerto contou com a interpretação do pianista Benno Moiseiwitsch.

1938

10 Janeiro

A música e o cinema dominam a programação do ano, embora praticamente sem a indicação de estreias em Portugal, com exceção do filme Era uma vez uma princesa (10 de janeiro).

1938

15 Fevereiro

A Grande Orquestra Sinfónica Nacional, sob a direção de Pedro de Freitas Branco, atua no Rivoli nos dias 15, 16 e 17 de fevereiro.

1938

19 Maio

Em maio (estreia a 19), a Grande Companhia de Ópera Italiana, de Ercole Casali, com orquestra dirigida por Pedro Freitas Branco, apresenta, entre outras, as óperas Tosca, Madame Butterfly, Traviata e Rigoletto.

1938

1 Junho

Ao longo do ano são vários os concertos promovidos pelo Círculo de Cultura Musical do Porto.

1938

28 Novembro

No final do ano, o grande destaque é a estreia do muito aplaudido filme de animação de Walt Disney Branca de Neve e os Sete Anões (28 de novembro), na versão original, que lotou o teatro durante vários dias.

1939

2 Janeiro

Em janeiro (dia 2), estreia a versão falada e cantada em português (do Brasil) do filme Branca de Neve e os Sete Anões. Com esta versão, escrevia segundo a imprensa, o Rivoli garantia novas e intermináveis filas nas suas bilheteiras.

1939

17 Janeiro

Outro dos êxitos cinematográficos do ano foi o filme Aldeia da Roupa Branca, de Chianca de Garcia (17 de janeiro), a comédia de costumes que elevaria a atriz Beatriz Costa à condição de estrela à escala nacional. O filme esteve várias semanas em exibição e teve direito a reprise em julho.

1939

1 Março

Continuam, ao longo do ano, os concertos do Círculo de Cultura Musical do Porto.

1939

5 Setembro

Em setembro, o ator e ilusionista Octávio de Matos, que atua sob o nome de Ling-Chong, apresenta a sua Grande Parada de Ilusões, num conjunto de sete récitas (estreia a dia 5). Como complemento do espetáculo, a publicidade anunciava: «Betty e Alexis – “Parelha” de baile; Aracell del Rio – Sapateado americano; Arri Exing – Trabalhos misteriosos».

1939

29 Setembro

No final de setembro, a Companhia Teatral Portuguesa, encenada pelo mestre António Pinheiro e com Palmira Bastos e Estevão Amarante no elenco, apresenta as peças O Sacrificado (estreia a 29), Pai Simão, A Vida é Assim, Peça Sem Nome, Faustino Lda. e O Imbecil.

1939

7 Novembro

No cinema, destaque ainda para a estreia em Portugal do filme Três Valsas (7 de novembro).

1939

23 Novembro

No final de novembro, o Rivoli inaugura as chamadas «Noites de Arte e Elegância», às quintas-feiras, consagradas à «distinta sociedade portuense», segundo se lia nos anúncios publicados na imprensa. Na noite da inauguração (23 de novembro), depois da sessão cinematográfica, a harpista Maria da Conceição Rocha executou alguns trechos clássicos.

1940

2 Janeiro

Em janeiro, Companhia de Adelina e Aura Abranches apresenta as peças Quantas Vezes a Mãe Canta (estreia a dia 2) e Um Caso Sério.

1940

23 Fevereiro

A Companhia Francesa de Declamação Marguerite Valmond – Jean Sarment, vem a Portugal sob o patrocínio do Governo Francês e do Ministério das Belas Artes de França. Em fevereiro apresenta as récitas Les Plus Beaux Yeux du Monde (dia 23) e Le Pêcher d'Ombres (dia 24).

1940

1 Maio

Na música, destaque para os vários concertos do Círculo de Cultura Musical do Porto, promovidos ao longo do ano.

1940

30 Setembro

No cinema, estreia em Portugal o filme A Rainha dos Diamantes (30 de setembro).

1940

16 Dezembro

Depois de ter feito a sua apresentação oficial no Teatro da Trindade, em Lisboa, em novembro, a companhia de Bailados Portugueses Verde Gaio, criada por iniciativa de António Ferro, diretor do Secretariado de Propaganda Nacional, dá um conjunto de 4 récitas no Rivoli, em dezembro (dias 16, 17, 18 e 19). O programa integrava os bailados A Lenda das Amendoeiras, Ribatejo, Inês de Castro e Muro do Derrete, em que brilhavam os bailarinos Francis Graça e Ruth Walden.

1941

27 Janeiro

No início do ano, estreia o filme português Porto de Abrigo, de Adolfo Coelho (27 de janeiro), produzido pela Lisboa-Filme. Em complemento, eram exibidos comercialmente o documentário Famalicão, de Manoel de Oliveira – o primeiro que se estreou no Rivoli –, e a Revista Paramount, com cenas de guerra.

1941

5 Maio

As sessões de cinema intercalam com vários concertos promovidos pelo Círculo de Cultura Musical, por um ciclo de oito concertos da Orquestra Sinfónica do Sindicato Nacional do Músicos e um concerto pela Orquestra Filarmónica de Berlim (5 de maio).

1942

20 Janeiro

O 11º aniversário do Rivoli é assinalado com um concerto da Orquestra Sinfónica, regida por Júlio do Nascimento (20 de janeiro), numa sessão em benefício da delegação do Porto da Cruz Vermelha Portuguesa.

1942

8 Junho

João Villaret «quase encheu a plateia», num recital poético realizado a 8 de junho, facto digno de salientar, segundo escrevia o Jornal de Notícias, «tratando-se de um teatro das dimensões do Rivoli». Os baixos preços praticados, permitiram que a par dos ilustres da cidade, pudessem estar presentes «modestos operários, de salários reduzidos, mas com o culto da beleza».

1942

23 Novembro

O Rivoli esteve fechado durante vários meses, entre julho e novembro para obras relacionadas, novamente, com a instalação de equipamento de projeção, com as consequentes alterações de melhoramento do interior da sala. Reabre a 23 de novembro com a estreia em Portugal do filme Isabel de Inglaterra, com Bette Davis e Errol Flynn.

1943

20 Janeiro

O 11º aniversário do Rivoli é assinalado com um concerto da Orquestra Sinfónica, regida por Júlio do Nascimento (20 de janeiro), numa sessão em benefício da delegação do Porto da Cruz Vermelha Portuguesa. 

1943

22 Fevereiro

Ao longo do ano, o teatro apresenta vários filmes em estreia em Portugal: A Ilha dos Amores (22 de fevereiro), Ela e o Secretário (1 de março), Sinfonia Bárbara (8 de março), Malaia (15 de maio), O Vencedor de Napoleão (22 de março), Uma Noiva Caída do Céu (29 de março), Dois Corações na Primavera (28 de junho), Clarão no Horizonte (6 de dezembro) e Volta para Mim (27 de dezembro).

1943

25 Junho

João Villaret dá um recital poético, no dia 25 de junho, com versos de vários autores portugueses e estrangeiros.

1943

15 Setembro

Em meados de setembro (dias 15 e 16), Aura Abranches e Manuela Bonito apresentam dois recitais de arte, com as peças Perdida, As Manas Perliquitetes e Lumiar 95.

1943

9 Outubro

Depois de ter inaugurado o Rivoli, em 1932, a Companhia Rey Colaço-Robles Monteiro regressa ao teatro do Porto, para a inauguração da época de Inverno. Atua entre os dias 9 de outubro e 11 de novembro. Estreia-se com a trilogia Electra e os Fantasmas, de Eugene O’Neill, composta pelas peças Regresso ao Lar, Expiação e Fantasmas, mas apresenta, entre outras peças, Coristas, Riquezas da Sua Avó, Auto da Alma e Auto da Barca do Inferno.

1944

3 Janeiro

No cinema, são várias as estreias em Portugal: Missão no Oriente (3 de janeiro), Sedução de Marrocos (11 de janeiro), Goyescas (24 de janeiro), O Cara Dura (28 de janeiro), Maria Malibran (6 de março), Nobreza Baturra (13 de março), Sucursal do Inferno (8 de maio), A Frente dos Suspiros (15 de maio), Meu Filho não se Vende (22 de maio), À Espera da Morte (3 de julho), Aluga-se Esta Arma (10 de julho), Vamos Cantar (17 de Julho), Dr. Broadway (31 de julho), Sargento York (6 de novembro).

1944

17 Fevereiro

O Carnaval, para além dos habituais bailes, é assinalado com a Companhia do Teatro Apolo (estreia a 17 de fevereiro), que pela primeira vez se apresentava no Porto, e as peças Branca por Fora e Rosa por Dentro, Ora Agora Viras Tu!, O Tenório da Bica e Está na Hora!. Do elenco, destacavam-se os atores Ribeirinho, Madalena Sotto e Hortense Luz. Os bailarinos Francis e Ruth, responsáveis pelo Verde Gaio, apresentavam vários bailados e Maria Galvão alguns trechos líricos.

1944

29 Fevereiro

O diretor e proprietário do Rivoli, Manuel José Pires Fernandes, morre em janeiro. O teatro edita um folheto evocativo da figura, por ocasião do 12º aniversário do Rivoli. Maria de Assunção Fernandes Borges, filha de José Manuel Pires Fernandes e acionista maioritária da empresa, assume a gestão do Rivoli, a partir de 29 de fevereiro de 1944 (data da eleição em Assembleia Geral).

1944

4 Abril

Em termos musicais destacaram-se os concertos promovidos pelo Círculo de Cultura Musical do Porto, mas também os concertos da Sociedade Coral de Lisboa e Orquestra Sinfónica Nacional sob a direção de Frederico Freitas (dias 4 e 5 de abril) e o Festival de Arte do pianista compositor Eurico Tomás de Lima com a colaboração da cantora Aida Monteiro (26 de junho).

1944

12 Junho

No dia 12 de junho estreia o filme espanhol Doze Luas de Mel, com a atriz portuguesa Milú.

1945

24 Janeiro

No dia 24 janeiro, a Orquestra Sinfónica do Porto, composta por 64 executantes, sob a direção do maestro Frederico de Freitas, dá um concerto a favor do «Socorro de Inverno», com a cantora Olga Violante e o pianista Eurico Tomás de Lima.

1945

15 Março

O Rivoli estreia em Portugal os filmes: Até à Vista (9 de julho), Gente do Mar (6 de agosto), Horas de Tormenta (6 de novembro), Eu Amo um Soldado (26 de novembro), Adorável Engano (17 de dezembro) e O Amor Triunfa (25 de dezembro). Apresenta também, em exclusivo, o documentário de atualidades XV Portugal – Espanha, como complemento (15 de março).

1945

1 Abril

Na música, destacam-se ainda os concertos do Círculo de Cultura Musical do Porto que decorrem ao longo do ano.

1945

4 Abril

No dia 4 de abril, o Rivoli acolhe um espetáculo de homenagem à cidade do Porto, pelo Orfeão Académico de Coimbra, sob a direção de Raposo Marques.

1945

18 Abril

Em abril (dias 18, 19 e 20 de abril), realizam-se espetáculos de ópera portuguesa, com a Orquestra Sinfónica Nacional, sob a direção do maestro Ruy Coelho. São apresentadas as óperas Inês de Castro, Crisfal e Rosas de Todo o Ano, por 20 artistas cantores, coros mistos constituídos por 40 vozes e 55 figurantes.

1945

26 Abril

Entre os dias 26 de abril e 9 de maio, a Grande Companhia de Ópera Italiana interpreta algumas das mais conhecidas óperas: Aida, Rigoletto, Madame Butterfly, Tosca, Carmen, entre outras.

1945

5 Outubro

Em outubro, a Companhia Rey Colaço – Robles Monteiro apresenta-se numa temporada que dura um mês (entre os dias 5 de outubro e 5 de novembro). Entre outras, apresenta as peças Raça, O Leque de Lady Windermere, A Bisbilhoteira, Otelo, Romance e Zilda.

1946

7 Janeiro

Os anúncios assinalam a estreia em Portugal dos filmes: Passagem para Marselha (7 de janeiro), A Loira Incendiária (28 de janeiro), Terror na Ópera (11 de fevereiro), Um Sonho em Hollywood (25 de fevereiro) e Herói de Mentira (11 de março).

1946

1 Março

O Círculo de Cultura Musical do Porto realiza, ao longo do ano, vários concertos.

1946

25 Maio

Em maio, atua a Grande Companhia de Ópera Italiana do Teatro Nacional de São Carlos, com a Orquestra Sinfónica Nacional, dirigida pelo maestro Pedro Freitas Branco, e bailados pelo Grupo Verde Gaio, do S.N.I. A estreia, com a ópera Manon Lescaut, de Puccini, no dia 25, foi em récita de gala, para o fecho das festas do «Maio Florido».

1946

31 Maio

No dia 31 de maio, realiza-se um recital de César Morais, organizado pelo Clube Fenianos Portuenses e patrocinado por Maria Assunção Borges, com a primeira execução pública da Sinfonia de Abril, para coros mistos, solistas e grande orquestra, com poema de Carlos de Morais.

1946

5 Julho

No dia 5 de julho, a intérprete brasileira Margarida Lopes de Almeida, dá um recital poético, no seu adeus ao Porto.

1946

5 Outubro

A Companhia Rey Colaço – Robles Monteiro inaugura a época de Inverno, no dia 5 de outubro, com a peça Os Maias. A temporada decorre até 17 de novembro, com a apresentação de várias peças do repertório da companhia, entre elas, Frei Luís de Sousa ou Antígona.

1947

20 Janeiro

O Coro dos Pequenos Cantores de Viena assinala o 15º aniversário do Teatro Rivoli, no dia 20 de janeiro. A receita do concerto revertia para o Comité de Socorro às crianças austríacas da Cruz Vermelha Portuguesa.

1947

13 Fevereiro

A companhia Ballets des Champs Elysées apresenta bailados clássicos e modernos em duas récitas, dias 13 e 14 de fevereiro, numa altura em que os espetáculos de dança eram ainda uma raridade na cidade do Porto.

1947

1 Março

Ao longo do ano, decorrem ainda os concertos do Círculo de Cultura Musical do Porto.

1947

27 Abril

A Grande Companhia de Ópera Italiana do Teatro de São Carlos apresenta várias óperas no Rivoli, entre os dias 27 de abril e 5 de maio, com bailados pelo Círculo de Iniciação Coreográfica. Na 1ª récita de assinatura foi interpretada a ópera Adriana Lecouvreur.

1947

7 Maio

No dia 7 de maio, a Orquestra Sinfónica Nacional, dirigida por Pedro Freitas Branco, inaugura as Festas do «Maio Florido», uma iniciativa do Secretariado Nacional de Informação (delegação do Porto). No dia seguinte, no mesmo âmbito, decorre a Grande Festa Nacional da Rádio com a colaboração da Orquestra Sinfónica Nacional.

1947

21 Julho

No cinema, para além de algumas estreias no Porto, assinalam-se as estreias em Portugal dos filmes O Céu também dá Férias (21 de julho) e Em cada Coração um Pecado (11 de dezembro).

1947

2 Outubro

No dia 2 de outubro, a Sociedade Importadora de Filmes (SIF) assume a exploração cinematográfica do Rivoli. Os restantes espetáculos continuam a ser responsabilidade da Empresa do Teatro Rivoli.

1947

3 Outubro

A Companhia Rey Colaço – Robles Monteiro regressa ao Rivoli, entre os dias 3 e 19 de outubro, para mais uma temporada, com a apresentação de vários espetáculos do seu repertório, entre eles, A Casa, Um Marido Ideal, Os Velhos e Frei António Chagas.

1948

6 Janeiro

O ano começa com dois concertos da Orquestra Colonne de Paris (dias 6 e 7 de janeiro).

1948

19 Fevereiro

No cinema, destaque para a estreia em Portugal de vários filmes: Inspiração Trágica (19 de fevereiro), Um Sonho, um Beijo e uma Canção (26 de fevereiro), O Grande Segredo (27 de março), Feras Sangrentas (25 de maio), Núpcias Trágicas (3 de junho), A Casa da Cobiça (4 de outubro), A Morte Acusa (22 de novembro), Canção da Primavera (29 de novembro) e Rosa Silvestre (20 de dezembro).

1948

1 Março

O Rivoli continua, ao longo do ano, a acolher concertos do Círculo de Cultura Musical do Porto.

1948

18 Março

No dia 18 de março, estreia o filme português Um Grito na Noite, realizado por Carlos Porfírio.

1948

21 Junho

A recém-criada Orquestra Sinfónica do Conservatório de Música do Porto, faz a sua apresentação ao público nos dias 21 e 22 de junho, em dois concertos sob a direção do maestro Karl Achatz, e a solista Guilhermina Suggia. Seguem-se outros concertos ao longo do ano.

1948

16 Dezembro

No dia 16 de dezembro, realiza-se uma parada de canções com a fadista Amália Rodrigues e o pianista Muraro, frente a um elenco de artistas de teatro, cinema e rádio, entre os quais: Maria Augusta, Amélia Canossa, Beatriz Malta, Júlio Pinto e Júlio Guimarães, e uma orquestra de variedades sob a direção do maestro Resende Dias.

1949

29 Janeiro

Em 1949 o Rivoli assegura a estreia em Portugal de 15 filmes, para além da estreia mundial, em Nova Iorque e no Porto, do filme As Aventuras de D. Juan, com Errol Flynn no principal papel, no dia 29 de janeiro.

1949

3 Março

Para além do cinema, destaque apenas para os vários concertos do Círculo de Cultura Musical do Porto e da Orquestra Sinfónica do Conservatório de Música do Porto.

1950

6 Janeiro

A Grande Companhia de Opereta e Fantasia do Coliseu dos Recreios estreia a opereta A Dança das Libélulas, com música de Franz Lehar, no dia 6 de janeiro. Ao longo de cerca de um mês, apresenta ainda os espetáculos, O Conde do Luxemburgo e As Pupilas do Sr. Reitor.

1950

23 Fevereiro

Estreia em Portugal dos filmes: Os Meus Sonhos Pertencem-te (23 de fevereiro), Mercadores de Intrigas (13 de março), A Marca do Destino (1 de maio), A Última Batalha (23 de novembro), Resgate de Honra (21 de dezembro) e A Morte não é o Fim (28 de dezembro).

1950

1 Março

Continuam os concertos do Círculo de Cultura Musical do Porto e da Orquestra Sinfónica do Conservatório de Música do Porto. Realizam-se vários ao longo do ano.

1950

11 Março

No dia 11 de março, são inauguradas as Matinés Infantis dedicadas às crianças do Porto, com a exibição, segundo os anúncios, «de filmes especiais e apropriados: cómicos, culturais, desportivos, fantasias coloridas, desenhos animados». As crianças tinham direito a entrada gratuita, desde que acompanhadas pelas famílias.

1950

25 Maio

No âmbito de mais um «Maio Florido», o Rivoli acolhe a Festa Nacional da Rádio, a 25 de maio, com a colaboração da Orquestra de Salão, dirigida por Belo Marques, e da Orquestra Ligeira, dirigida por Tavares Belo, e 14 premiados no Concurso de Artistas da Rádio.

1950

16 Junho

No dia 16 de junho, realiza-se o Grande Concerto Coral Sinfónico do compositor Portuense César de Morais.

1950

9 Outubro

A Companhia Rey Colaço – Robles Monteiro apresenta uma temporada de espetáculos entre os dias 9 e 31 de outubro. A estreia foi com a peça Outono em Flor, de Júlio Dantas, que tinha a sua primeira representação no Porto.

1951

3 Janeiro

No dia 3 de janeiro, realiza-se a noite «Alma Flora», em homenagem ao Futebol Clube do Porto, a favor da sua campanha «Pró-Estádio». Foi representado o original brasileiro A Vida Tem 3 Andares, de Humberto Cunha.

1951

9 Janeiro

O Grupo de Bailados Verde Gaio apresenta em duas récitas, nos dias 9 e 10 de janeiro, O Homem do Cravo na Boca, Nazaré e A Menina Tonta (no dia 9), e Muro do Derrete, D. Sebastião e Passatempo (dia 10). As coreografias foram acompanhadas pela Orquestra Sinfónica da F.N.A.T.

1951

1 Fevereiro

Amália Rodrigues sobe ao palco do Rivoli para um concerto único, no dia 1 de fevereiro, à frente de um elenco de vários artistas: Domingos Marques, Maria José Valério, Maria Margarida, Maria Amélia, Humberto Madeira e Max.

1951

11 Julho

No dia 11 de julho, o Rivoli acolhe o 100º concerto da Orquestra Sinfónica do Conservatório de Música do Porto, dirigida pelo maestro Frederico Freitas. Ao longo do ano decorrem outros concertos da mesma orquestra.

1951

4 Outubro

Em outubro, a SIF termina a exploração cinematográfica do Rivoli, que passa a ser assegurada pela Cinemas Porto Lda. A estreia da nova empresa acontece a 4 de outubro, com a estreia em Portugal do filme Odette.

1951

7 Novembro

No dia 7 de novembro, realiza-se uma récita de homenagem à atriz Palmira Bastos, promovida por uma Comissão de Senhoras, com colaboração da Empresa Rey Colaço – Robles Monteiro, com a representação da peça As Árvores Morrem de Pé.

1952

10 Janeiro

O Rivoli acolhe a estreia mundial de Três Histórias Proibidas (23 de outubro) e as estreias em Portugal de: A 13ª Carta (10 de janeiro), A Marca Rubra (31 de janeiro), Enrique Caruso (7 de fevereiro), Aventuras de Joãozinho (6 de março), O Santo dos Pobrezinhos (8 de abril), Rasto Sangrento (17 de abril).

1952

1 Março

Continuam os concertos da Orquestra Sinfónica do Conservatório de Música do Porto, com destaque para o Concerto Sinfónico Extraordinário, com Helena e Madalena Moreira de Sá e Costa.

1952

25 Abril

O Sadler`s Wells Ballet da Royal Ópera House Convent Garden, de Londres, dirigido por Ninette de Valois, atua entre os dias 25 e 28 de abril. Os bailados são acompanhados pela Orquestra Sinfónica do Porto.

1952

29 Outubro

No dia 29 de outubro o pianista Arthur Rubinstein, apresenta um recital totalmente dedicado a Chopin.

1953

27 Janeiro

Amália Rodrigues volta a atuar no Rivoli, a 27 de janeiro, num sarau de arte em que participam outros artistas, com a orquestra dirigida por Resende Dias.

1953

5 Fevereiro

No ano cinematográfico destaque para a estreia em Portugal de Luzes da Ribalta, em simultâneo, no Porto, no Rivoli e no São João (em Lisboa no Éden e no Tivoli), no dia 2 de novembro. Destaque ainda para a estreia no Porto do filme português Nazaré, de Manuel de Guimarães (5 de fevereiro), e de Chaimite, de Jorge Brum do Canto (30 de abril).

1953

23 Fevereiro

Para além do cinema, é a música que se destaca na programação do Rivoli, nomeadamente o recital do pianista Walter Gieseking (23 de fevereiro), a Orquestra Sinfónica de Acordeons de Hohner (dias 6 e 7 de abril), o violinista Menuhin (15 de abril), ou o recital de Jasha Heifetz (6 de maio). O Coro Russo atua entre dias 22 e 23 de dezembro. A Orquestra Sinfónica do Porto continua também a atuar no Rivoli.

1954

16 Janeiro

A música volta a destacar-se na programação, com concertos da Orquestra de Bamberg, com o violinista Stanley Wiener (16 de janeiro), um recital do pianista Alexandre Borovsky (11 de março), com certo da Orquestra Sinfónica de Acordeons Hohner (16, 17 e 21 de março), o pianista Arthur Rubenstein (11 de maio), e aos vários concertos da Orquestra Sinfónica do Porto ao longo do ano.

1954

9 Abril

Em abril, o Rivoli inaugura um novo sistema de exibição cinematográfica, o Cinemascope, com o filme A Túnica (9 de abril). O Rivoli foi o primeiro cinema no Porto a apresentar o novo sistema. O Cinemascope passa a dominar as exibições. Destaque para a estreia em Portugal de Carga de Fuzileiros (14 de outubro).

1954

4 Junho

O London’s Festival Ballet, sob a direção do bailarino Anton Dolín atua nos dias 4, 5 e 6 de junho. Entre solistas e corpo de baile, o conjunto era composto por 60 figuras. Cada recital tinha um programa diferente.

1954

29 Novembro

Recital dos bailarinos Alicia Markova e Alexis Rassine, do Sadler`s Wells Ballet, de Londres, no dia 29 de novembro. Os dois bailarinos foram acompanhados ao piano por Lisa Fuchsova.

1955

13 Janeiro

As exibições em Cinemascope passam a dominar a programação cinematográfica. No dia 27 de janeiro, destaque para a estreia em Portugal do filme O Demónio dos Mares. Destaque ainda para as exibições de Os Cavaleiros da Távola Redonda (13 de janeiro), Demétrio, o Gladiador (24 de fevereiro), Sete Noivas para Sete Irmãos (10 de março), Rio sem Regresso (31 de março), Parada de Estrelas (16 de abril), entre muitas outras.

1955

26 Janeiro

Em termos musicais, o ano começa com um Festival de Música Inglesa pela Orquestra Sinfónica do Porto (26 de janeiro). Ao longo do ano mantêm-se os concertos da Orquestra Sinfónica do Porto. No dia 25 de maio, destaque para a execução integral da IX Sinfonia de Beethoven.

1955

9 Abril

No dia 9 de abril, estreia O Herói da Vendeia, referenciado como o «primeiro filme europeu em écran panorâmico, com som estereofónico magnético».

1955

15 Junho

O Ballet de Monique Solal, com a Orquestra Sinfónica do Porto, atua no dia 15 de junho. O programa incluía, entre outros, A Morte do Cisne, Bailado do Fausto, Danças Guerreiras do Príncipe Igor, Convite à Valsa, Dança Egípcia, Dança Húngara e French-Cancan.

1956

23 Maio

O Ballet do Marquês de Cuevas atua nos dias 23, 24 e 25 de maio, acompanhado pela Orquestra Sinfónica do Conservatório de Música do Porto. Mais do que a validade do conjunto, a imprensa destacava a prestação das primeiras figuras.

1956

6 Junho

O Ballet de Monique Solal regressa ao Rivoli, no dia 6 de junho, com a Orquestra Sinfónica do Porto, sob a direção do maestro Alberto Costa Santos.

1956

1 Novembro

No final do ano, regressam os concertos do Círculo de Cultura Musical do Porto, que desde o final de 1950 decorriam no Cine Teatro de Vale Formoso, devido a desentendimentos entre a direção do Rivoli e a direção do Círculo de Cultura Musical do Porto.

1956

8 Novembro

As exibições em Cinemascope continuam a dominar a programação cinematográfica. No dia 8 de novembro, com a estreia do filme Carrocel, era inaugurado o novo sistema Cinemascope 55.

1957

18 Janeiro

The American National Ballet Theatre, dirigido por Lucia Chase, atua nos dias 18, 19 e 20 de janeiro. A sala cheia da primeira récita, segundo a imprensa, denunciava um animado aumento do interesse dos portuenses pelo bailado.

1957

23 Novembro

Depois de vários anos entregue a empresas terceiras, a empresa do Rivoli retoma a exploração cinematográfica do espaço em outubro. O teatro fecha para obras e reabre no dia 23 de novembro, com a estreia em Portugal do filme E o Sol também brilha.

1957

20 Dezembro

A Companhia Americana de Bailado José Limón, uma das pioneiras da dança moderna, atua dias 20 e 21 de dezembro.

1958

2 Janeiro

O Teatro Nacional Chinês de Ópera e Bailado, dirigido por Chen Chao Hsing, atua nos dias 2 e 3 de janeiro. Os espetáculos incluíam números de bailado, canto, música, mímica e representação. Os anúncios informavam que para melhor compreensão do público, cada número seria previamente explicado por um locutor.

1958

22 Abril

A Orquestra Hohner (Grande Orquestra Sinfónica Alemã de Acordeões), dirigida pelo maestro Rudolf Wurthner, atua nos dias 22 e 23 de abril.

1958

19 Maio

Em maio (dias 19 e 20) atua o London's Festival Ballet, considerado pela imprensa de então, como «o maior e mais categorizado conjunto coreográfico da atualidade, composto de 70 figuras, com solistas mundialmente notáveis.

1958

13 Junho

O I Festival Gulbenkian de Música, iniciativa que procurou descentralizar a oferta cultural no país, decorre nos dias 13, 18 e 21 de junho, com sessões de música e bailado: Janos Starker e António de Almeida, com a Orquestra Sinfónica do Conservatório de Música do Porto (dia 13); Solistas do Real Ballet da Dinamarca (dia 18); e um recital de piano por Alexander Brailowsky (dia 21).

1958

16 Outubro

Em termos cinematográficos, destaque para a película Os Dez Mandamentos, estreada a 16 de outubro, que esteve cinco semanas em exibição.

1958

1 Novembro

O resto do ano divide-se entre exibições cinematográficas e concertos da Orquestra Sinfónica do Porto e do Círculo de Cultura Musical.

1959

1 Março

Ao longo do ano decorrem vários concertos promovidos pelo Círculo de Cultura Musical do Porto.

1959

1 Junho

A Companhia Rey Colaço – Robles Monteiro apresenta-se, em maio, para uma temporada com a peça O Processo de Jesus, de Diego Fabbri. No dia 1 de junho, a companhia assegura uma Tarde Garrettiana, no âmbito da iniciativa Maio Florido, promovida pelo Secretariado Nacional de informação.

1959

11 Junho

Em junho decorre mais um Festival Gulbenkian de Música, com uma série de quatro concertos sinfónicos e de música de câmara, em quatro dias diferentes (11, 14, 17 e 20 de junho).

1959

13 Dezembro

No cinema, destaque para a apresentação em antestreia e récita de gala, no dia 13 de dezembro, do filme português O Primo Basílio, de António Lopes Ribeiro, a partir do romance de Eça de Queiroz. A receita da récita de gala revertia inteiramente a favor do Lar do Comércio. O filme esteve em exibição durante três semanas.

1960

1 Março

Intercalados com as sessões de cinema, decorrem vários concertos da Orquestra Sinfónica do Conservatório de Música do Porto e promovidos pelo Círculo de Cultura Musical do Porto.

1960

1 Junho

No dia 1 de junho, decorre uma récita única da peça Antígona, de António Pedro, pela secção de teatro do Centro ramalho Ortigão.

1960

15 Junho

Em junho, o Festival Gulbenkian de Música, apresenta quatro concertos (dias 15, 20, 25 e 28 de junho).

1960

1 Setembro

No cinema, destaque para a estreia em Portugal do filme Brincadeiras do Diabo (1 de setembro), e para as reposições do filme O Primo Basílio, de António Lopes Ribeiro e Camões, de Leitão de Barros, ambos com António Vilar no principal papel.

1961

1 Janeiro

O cinema domina quase por completo o ano de 1961, com uma diminuição substancial do número de concertos.

1962

1 Maio

Em maio e junho, decorrem vários concertos no âmbito do 6º Festival Gulbenkian de Música.

1962

13 Setembro

A 13 de setembro estreia o filme musical brasileiro Teus Olhos Castanhos, com o cantor Francisco José na tela e também em palco, para interpretar algumas das canções, acompanhado pelo pianista Carlos Villaret.

1962

6 Outubro

A 6 de outubro, o empresário Vasco Morgado estreia Os Direitos da Mulher, uma comédia de Alfonso Paso, com Irene Isidro e Assis Pacheco, Eunice Muñoz e Henrique Santana, entre outros. O espetáculo esteve em cena 12 semanas, com lotações esgotadas.

1962

13 Dezembro

No dia 13 de dezembro, Vasco Morgado estreia o êxito O Meu Amor é Traiçoeiro, de Vasco Mendonça Alves, com Laura Alves e Artur Semedo. Nos anúncios, a Empresa de Vasco Morgado divulgava que, tal como tinha acontecido em Lisboa, por se tratar «de um espetáculo popular e de divulgação do Teatro Português», de segunda a sexta-feira, eram praticados preços populares na Geral, o designado «Balcão para o Povo», com preços a 1$00 e 2$50. Os restantes lugares continuavam com os preços normais.

1962

31 Dezembro

No final do ano, em conjunto com o espetáculo, Vasco Morgado promove o que apelida de 1º Grande Réveillon no Rivoli», com baile até de madrugada.

1963

14 Janeiro

No dia 14 de janeiro, destaque para a primeira apresentação no Porto da Orquestra de Câmara da Gulbenkian, num concerto promovido pelo Círculo de Cultura Musical do Porto.

1963

22 Janeiro

No dia 22 de janeiro, a Empresa de Vasco Morgado estreia a revista Lisboa à Noite, de Fernando Santos e Nélson de Barros, com música de Frederico Valério. Humberto Madeira, Raul Solnado e Florbela Queirós lideravam o elenco.

1963

16 Março

A 16 de março, o Círculo de Cultura Musical do Porto festeja as suas bodas de prata, com um concerto em que dá a ouvir aos seus sócios o Grupo Coral Polyphonia e a Orquestra Sinfónica do Conservatório de Música do Porto, sob a direção de Mário Sampayo Ribeiro.

1963

9 Maio

No dia 9 de maio, a Fundação Calouste Gulbenkian apresenta a Companhia Grega de Teatro Clássico Pirakon Theatron, com o espetáculo Electra, de Sófocles.

1963

31 Maio

Os concertos no âmbito do 7º Festival Gulbenkian de Música decorrem entre o final de maio e o início de junho.

1963

20 Junho

No dia 20 de junho, o Deutsches Ballet Theater, dirigido por Erika Linden, apresenta-se pela primeira vez em Portugal, no Rivoli, num espetáculo único. O programa era constituído por uma parte clássica e uma parte moderna.

1963

3 Julho

Nos dias 3 e 4 de julho, a secção de teatro do Futebol Clube do Porto apresenta o espetáculo Os Pássaros de Asas Cortadas, de Luiz Francisco Rebello.

1963

1 Agosto

O cinema que continua a dominar a programação, com várias estreias, algumas delas em Cinemascope.

1964

30 Janeiro

No cinema, destaque para a estreia de dois filmes portugueses: Pão, Amor e Totobola, de Henrique Campos (30 de janeiro), e Fado Corrido, de Jorge Brum do Canto (10 de outubro). A estreia do filme Fado Corrido contou com a presença de Amália Rodrigues, a estrela principal da película.

1964

28 Abril

No dia 28 de abril, o Círculo de Cultura Musical do Porto, em colaboração com o Teatro Nacional de S. Carlos, apresenta o London’s Festival Ballet, acompanhado pela Orquestra Sinfónica do Porto.

1964

1 Maio

A Companhia Rey Colaço – Robles Monteiro apresenta um mês de teatro, com alguns dos grandes êxitos do seu repertório: Delírio, Os Maias, O Elétrico Chamado Desejo, Para Cada Um Sua Verdade, As Árvores Morrem de Pé, Divinas Palavras, entre outros. A primeira récita decorre no dia 1 de maio.

1964

31 Maio

Entre o final de maio e o início de junho, decorrem os concertos do 8º Festival Gulbenkian de Música.

1964

19 Junho

A New Shakespeare Company apresenta o espetáculo Noite de Reis, no dia 19 de junho, num espetáculo promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian, integrado nas comemorações do IV Centenário de Shakespeare.

1965

7 Janeiro

No cinema, destacam-se algumas estreias em Portugal: Revolta em Batasi (7 de janeiro), o Perfeito Sedutor (28 de janeiro), Hércules e o Monstro (4 de fevereiro), e Sangue Guerreiro (8 de julho). Destaque ainda para a estreia do filme português Passagem de Nível, de Américo Leite Rosa (2 de setembro), com Madalena Iglésias. Nas sessões do Rivoli, a atriz e cantora interpretava algumas canções da banda sonora. O grande êxito foi, no entanto, Zorba, o Grego, que esteve cinco semanas em exibição.

1965

6 Maio

No dia 6 de maio, destaque para a atuação do The Harkness Ballet, de Nova Iorque, num espetáculo promovido pelo Círculo de Cultura Musical do Porto e pelo Teatro Nacional de São Carlos.

1965

31 Maio

Entre o final de maio e o início de junho, decorrem os concertos do 9º Festival Gulbenkian de Música.

1965

13 Outubro

Em outubro, a Companhia Portuguesa de Ópera do Teatro da Trindade (FNAT), apresenta as óperas Elixir do Amor (13 de outubro), Cavalleria Rusticana e Palhaços (20 de outubro) e Condessa Caprichosa (27 de outubro).

1965

1 Novembro

Destaque ainda para os vários concertos, ao longo do ano, do Círculo de Cultura Musical do Porto.

1966

8 Janeiro

Numa iniciativa de Vasco Morgado e da Empresa do Cinema Monumental, o cantor francês de origem arménia, Charles Aznavour, apresenta-se em concerto nos dias 8 e 9 de janeiro.

1966

28 Janeiro

No cinema, destaque para a estreia do filme português O Trigo e o Joio, de Manuel de Guimarães (28 de janeiro) e para a estreia em Portugal de O Gendarme de Saint-Tropez (19 de fevereiro).

1966

1 Março

Concerto com o cantor francês Richard Anthony, promovido por Vasco Morgado, no dia 1 de março.

1966

15 Abril

O Grupo Gulbenkian de Bailado apresenta vários espetáculos no Rivoli, nos dias 15, 18 e 20 de abril. No dia 21 de junho, volta a subir ao palco do Rivoli, no âmbito das sessões do Círculo de Cultura Musical.

1966

1 Maio

A Câmara Municipal do Porto promove a 1ª Série Internacional de Concertos, um conjunto de vários espetáculos com a Orquestra Sinfónica do Porto.

1966

31 Maio

O 10º Festival Gulbenkian de Música decorre, como habitual, nos meses de maio e junho.

1966

1 Junho

Prosseguem os concertos do Círculo de Cultura Musical do Porto, ao longo do ano.

1967

1 Março

A Câmara Municipal do Porto promove a 2ª Série Internacional de Concertos, com a colaboração da Orquestra Sinfónica do Porto – Emissora Nacional. Realizam-se oito concertos da orquestra.

1967

6 Abril

O Grupo Gulbenkian de Bailado apresenta uma série de 5 espetáculos, entre 6 e 10 de abril.

1967

15 Maio

Nos meses de maio e junho, como é habitual, decorrem os espetáculos do 11º Festival Gulbenkian de Música. O festival integrou o espetáculo de ópera Orfeu, de Monteverdi, dirigida pelo maestro Gianfranco Rivoli (15 de maio), e um espetáculo do Grupo Gulbenkian de Bailado.

1967

5 Julho

No dia 5 de julho, Vasco Morgado, em colaboração com a firma Arnaldo Trindade, promove no Rivoli, um concerto com Sandie Shaw, a vencedora do Festival da Eurovisão do ano em curso. Destaque também para a atuação de e Eduardo Nascimento e o conjunto «Os Rocks».

1967

1 Agosto

O Rivoli continua a acolher concertos do Círculo de Cultura Musical do Porto.

1967

1 Setembro

O cinema continua a dominar a programação ao longo do ano, ainda que nenhum filme se destaque.

1968

1 Fevereiro

A Câmara Municipal do Porto promove a 3ª Série Internacional de Concertos Sinfónicos, com a Orquestra Sinfónica do Porto.

1968

23 Fevereiro

A Empresa de Vasco Morgado estreia, no dia 23 de fevereiro, o espetáculo Deliciosamente Louca, com Eunice Muñoz, Rui de Carvalho e Rogério Paulo, à frente de um grande elenco. Uma comédia que não se adequava ao nível dos atores, segundo a crítica do Jornal de Notícias, mas que agradava ao público que procurava no teatro um divertimento descontraído.

1968

1 Março

A Câmara Municipal do Porto promove o II Festival de Música Portuguesa, com 2 concertos da Orquestra Sinfónica do Porto no Rivoli. O festival integra outros dois concertos, um no palácio da Associação Comercial e outro na Casa do Infante.

1968

31 Maio

O 12º Festival Gulbenkian de Música decorre entre o final de maio e o início de junho.

1968

6 Setembro

O Teatro Nacional Popular apresenta o espetáculo Cautela, Libertino!, de Luigi Pirandello, com Ribeirinho, entre os dias 6 e 29 de setembro.

1968

1 Outubro

O Rivoli continua a acolher concertos do Círculo de Cultura Musical do Porto.

1968

14 Novembro

No cinema, destaque para a estreia do filme português A Cruz de Ferro, Jorge Brum do Canto, com a presença dos principais intérpretes. Um pouco antes, a 14 de novembro, o filme Os Teus, os Meus e os Nossos estreia, em simultâneo, no Rivoli (no Porto) e no São Jorge (em Lisboa).

1969

15 Janeiro

A Câmara Municipal do Porto promove a 4ª Série Internacional de Concertos, em colaboração com a Orquestra Sinfónica do Porto (Emissora Nacional). Realizam-se nove concertos entre 15 de janeiro e 26 de março.

1969

31 Maio

A Câmara Municipal do Porto promove a 4ª Série Internacional de Concertos, em colaboração com a Orquestra Sinfónica do Porto (Emissora Nacional). Realizam-se nove concertos entre 15 de janeiro e 26 de março.

1969

1 Junho

O Círculo de Cultura Musical do Porto realiza vários concertos ao longo do ano.

1969

1 Junho

O Círculo de Cultura Musical do Porto realiza vários concertos ao longo do ano.

1969

7 Agosto

No cinema destacam-se as estreias de 2001, Odisseia no Espaço (7 de agosto) e de Goodbye Mr. Chips (18 de dezembro). Este último ficou quatro semanas em exibição.

1970

2 Janeiro

A Câmara Municipal do Porto promove a 5ª Série Internacional de Concertos, em colaboração com a Orquestra Sinfónica do Porto (Emissora Nacional).

1970

15 Janeiro

No dia 15 de janeiro, estreia a revista Ena, Já Fala, com Ivone Silva e Nicolau Breyner à frente de um grande elenco.

1970

12 Fevereiro

No cinema, os grandes êxitos foram os filmes Ben Hur (estreia a 12 de fevereiro), que esteve cinco semanas em exibição, A Doce Vida (estreia a 14 de maio), três semanas, Mundo Mulher (estreia a 24 de setembro), quatro semanas e Perseguidas na Escuridão (estreia a 12 de novembro), três semanas. No dia 27 de agosto, destaque para a estreia em Portugal do filme O Assunto era Rosas.

1970

22 Maio

No âmbito do XIV Festival Gulbenkian de Música, o Rivoli acolhe dois concertos, com o Modern Jazz Quartet (22 de maio), e com o Julliard String Quartet (27 de maio). No dia 5 de junho, no âmbito do mesmo festival, decorre uma sessão com o Grupo Gulbenkian de Bailado.

1970

1 Junho

Continuam a decorrer concertos promovidos pelo Círculo de Cultural Musical do Porto.

1971

7 Janeiro

No cinema, destaque para a estreia do filme português Traição inverosímil, de Augusto Fraga (7 de janeiro), que ficou três semanas em exibição. O grande sucesso no cinema foi, no entanto, o filme A Filha de Ryan (estreia a 28 de jeneiro), que esteve em exibição sete semanas.

1971

27 Janeiro

A Câmara Municipal do Porto promove a 6ª Série Internacional de Concertos, em colaboração com a Orquestra Sinfónica do Porto (Emissora Nacional). Realizam-se oito concertos, entre os dias 27 de janeiro e 31 de março.

1971

2 Março

No âmbito do II Ciclo Gulbenkian de Teatro, o Rivoli acolhe os espetáculos A Gata Borralheira e O Santo e a Porca, no dia 2 de março. No dia 16 de março, o Teatro Estúdio de Lisboa apresenta A Cozinha, de Arnold Wesker.

1971

23 Abril

O Grupo Gulbenkian de Bailado apresenta quatro espetáculos, entre os dias 23 e 28 de abril.

1971

29 Abril

O Teatro Nacional D. Maria II apresenta algumas peças do seu repertório entre 29 de abril e 30 de maio: Tango, O Duelo, Camarada Miússov, O Rei Está a Morrer.

1971

13 Maio

O Ballet-Theatre Contemporain atua no dia 13 de maio, por iniciativa do Círculo de Cultura Musical. Ao longo do ano decorrem outras sessões promovidas pelo Círculo do Porto.

1971

31 Maio

A Fundação Calouste Gulbenkian apresenta, no dia 31 de maio, um concerto com a Orquestra Sinfónica da Rádio da Baviera, e no dia 3 de junho, a companhia norte-americana Alwin Nikolais Dance Theatre. No dia 6 de novembro, apresenta-se a Comedie-Française, com o espetáculo Tartuffe.

1972

12 Janeiro

A Câmara Municipal do Porto promove a 7ª Série Internacional de Concertos, em colaboração com a Orquestra Sinfónica do Porto (Emissora Nacional). Realizam-se oito concertos entre os dias 12 de janeiro e 26 de abril.

1972

20 Janeiro

No dia 20 de janeiro, a Companhia de Teatro do ABC estreia a revista Saídas da Casca, com encenação de César Oliveira, que fica em cena até 15 de fevereiro.

1972

4 Março

No dia 4 de março, decorre um recital de piano da solista Nella Maissa, com obras de Schubert, Schumann, Lopes Graça e Chopin.

1972

13 Março

No âmbito do III Ciclo Gulbenkian de Teatro, é apresentado o espetáculo Era Uma Vez uma Carochinha, pelo Teatro do Arco da Velha (13 de março).

1972

9 Maio

No dia 9 de maio, a Fundação Calouste Gulbenkian apresenta um espetáculo de dança com a Murray Louis Dance Company, responsável pelo repertório da Alwin Nikolais Dance Company. No dia 23 de maio, atuam os Swingle Singers.

1972

9 Junho

O Grupo Gulbenkian de Bailado, cujas atuações se tornam regulares no Rivoli, faz quatro apresentações no Rivoli, entre os dias 9 e 11 de junho.

1972

16 Junho

A Academia de Bailado Clássico Pirmin Treku atua no Rivoli, no dia 16 de junho. A receita do espetáculo era a favor da delegação do Porto, da Associação Portuguesa de Pais e Amigos das Crianças Diminuídas Mentais.

1972

28 Junho

No âmbito das Festas da Cidade, a Orquestra Sinfónica do Porto toca o Messias, de Haendel, no dia 28 de junho.

1972

4 Outubro

A Companhia Portuguesa de Ópera do Teatro da Trindade (FNAT) apresenta várias óperas: Flauta Mágica (4 de outubro), Lakmé (11 de outubro), Traviata (18 de outubro), A Viúva Alegre (25 e 26 de outubro).

1972

1 Novembro

No cinema, destaque para as exibições de Morrer de Amar, E Tudo o Vento Levou e Mania das Grandezas, que conseguiram 4 semanas de exibição.

1972

1 Dezembro

Continuam os concertos promovidos pelo Círculo de Cultural Musical.

1973

10 Janeiro

A Câmara Municipal do Porto promove a 8ª Série Internacional de Concertos, em colaboração com a Orquestra Sinfónica do Porto (Emissora Nacional), com oito espetáculos entre os dias 10 de janeiro e 4 de abril. 

1973

18 Janeiro

Na programação cinematográfica, destacam-se os filmes Cabaret (18 de janeiro), A Grande Valsa (12 de abril), e Um Toque de Classe (13 de dezembro), todos com cinco semanas de exibição. 

1973

24 Janeiro

No dia 24 de janeiro, a Câmara Municipal do Porto, em colaboração com o Ministério da Educação Nacional e o British Council, promove a apresentação do espetáculo The Turn of the Screw, de Benjamin Britten, pela Scottish Opera. 

1973

24 Janeiro

No dia 24 de janeiro, a Câmara Municipal do Porto, em colaboração com o Ministério da Educação Nacional e o British Council, promove a apresentação do espetáculo The Turn of the Screw, de Benjamin Britten, pela Scottish Opera. 

1973

22 Fevereiro

Ruth Escobar apresenta o espetáculo Missa Leiga, de Chico Assis, entre os dias 22 de fevereiro e 3 de março. O espetáculo recebeu os prémios da crítica brasileira para a melhor encenação e melhor música. 

1973

22 Fevereiro

Ruth Escobar apresenta o espetáculo Missa Leiga, de Chico Assis, entre os dias 22 de fevereiro e 3 de março. O espetáculo recebeu os prémios da crítica brasileira para a melhor encenação e melhor música. 

1973

22 Fevereiro

Ruth Escobar apresenta o espetáculo Missa Leiga, de Chico Assis, entre os dias 22 de fevereiro e 3 de março. O espetáculo recebeu os prémios da crítica brasileira para a melhor encenação e melhor música. 

1973

30 Maio

A Fundação Calouste Gulbenkian apresenta a Paul Taylor Dance Company (dias 30 e 31 de maio) e a Orquestra Nacional de Espanha (6 de julho). 

1973

8 Junho

No dia 8 de junho, a Batsheva Dance Company atua no âmbito das sessões promovidas pelo Círculo de Cultura Musical. 

1973

29 Junho

A Academia de bailado Clássico Pirmin Treku, atuou no dia 29 de junho, numa sessão patrocinada pela Câmara Municipal do Porto, integrada nas festas da cidade. 

1973

13 Julho

Concerto de Gala, para assinalar o 25º aniversário da Orquestra Sinfónica do Porto, sob a direção do maestro Silva Pereira, no dia 13 de julho. 

1973

7 Novembro

A Companhia Portuguesa de Ópera do Teatro da Trindade (FNAT) apresenta as óperas Matrimónio Secreto (7 de novembro), D. Quixote (14 de novembro), Sonâmbula (21 de novembro) e Werther (28 de novembro). 

1974

15 Fevereiro

As Aventuras do Rabi Jacob estreia no dia 15 de fevereiro, em simultâneo nos cinemas Rivoli e Águia. De resto, destaque para os filmes Aquele Inverno em Veneza (1 de agosto) e Belle de Jour (12 de setembro), filmes que conseguiram, cada um, estar quatro semanas em exibição. 

1974

15 Fevereiro

As Aventuras do Rabi Jacob estreia no dia 15 de fevereiro, em simultâneo nos cinemas Rivoli e Águia. De resto, destaque para os filmes Aquele Inverno em Veneza (1 de agosto) e Belle de Jour (12 de setembro), filmes que conseguiram, cada um, estar quatro semanas em exibição. 

1974

24 Abril

O Grupo de Bailado da Gulbenkian atua no dia 24 de abril 

1974

1 Maio

O concerto do Círculo de Cultura Musical, previsto para 1 de maio, é cancelado. A atividade retomará umas semanas depois.

1974

9 Julho

A Fundação Calouste Gulbenkian apresenta, no dia 9 de julho, a companhia de dança moderna norte-americana, Murray Louis Dance Company. 

1974

16 Outubro

Em outubro e novembro, a Companhia Portuguesa de Ópera do Teatro da Trindade (FNAT) apresenta as óperas Rigoletto (16 de outubro), Bodas de Fígaro (23 de outubro), Madame Butterfly (30 de outubro), e o Conde do Luxemburgo (5 de novembro). 

1975

21 Fevereiro

O Teatro Nacional de S. Carlos, em colaboração com a Câmara Municipal do Porto, apresenta a ópera Porgy and Bess, de George Gershwin, no dia 21 de fevereiro.

1975

8 Maio

Na programação cinematográfica, a grande sensação do ano foi a estreia de Papillon (8 de maio), filme que esteve cinco semanas em exibição. 

1975

16 Maio

A Companhia de Ballet da Flandres estreia-se no Porto, no da 16 de maio, numa sessão promovida pelo Círculo de Cultura Musical. 

1975

1 Outubro

No dia 1 de outubro, realiza-se um concerto comemorativo do Dia Mundial da Música, com a Orquestra Sinfónica do Porto. A mesma orquestra promove, até ao final do ano um conjunto de Concertos de Domingo, sempre às 10h30.

1976

1 Fevereiro

Maria de Assunção Fernandes Borges, diretora do Rivoli, morre no dia 1 de fevereiro. O teatro esteve encerrado no dia 2 de fevereiro. 

1976

1 Março

Entre março e junho decorrem vários concertos sinfónicos da Radiodifusão Portuguesa, às quartas-feiras, pela Orquestra Sinfónica do Porto. Aos domingos de manhã, decorrem os concertos para jovens. A partir de 30 de junho, realizam-se concertos de Verão, também às quartas-feiras. 

1977

10 Maio

Nos dias 10 e 11 de maio, atua o Ballet Gulbenkian, com dois programas diferentes.  

1977

28 Setembro

No dia 28 de setembro decorre o concerto inaugural da época 1977/1978 da Orquestra Sinfónica do Porto da Radiodifusão Portuguesa, comemorativo dos 150 anos da morte de Beethoven. 

1977

28 Setembro

No dia 28 de setembro decorre o concerto inaugural da época 1977/1978 da Orquestra Sinfónica do Porto da Radiodifusão Portuguesa, comemorativo dos 150 anos da morte de Beethoven. 

1977

23 Outubro

Em outubro, o Rivoli acolhe dois concertos da Quinzena da Música Russa e Soviética, dias 23 e 26. 

1977

22 Novembro

A Companhia de Ópera do Teatro de São Carlos, com o patrocínio da Câmara Municipal do Porto, apresenta em novembro as óperas Lucia di Lammermoor (dia 22), Madame Butterfly (dia 24), e A Vingança da Cigana (dia 25). 

1977

5 Dezembro

A estreia da Companhia Nacional de Bailado é feita em três espetáculos, no Rivoli, nos dias 5, 6 e 7 de dezembro. O programa da companhia que surgia para «promover o bailado português, a sua formação artística e a formação de novos valores» integrava os bailados Lago dos Cisnes, com coreografia e adereços de Armando Jorge, a partir de Petipa, cenários de Cruzeiro Seixas e figurinos de Hugo Manuel, Canto de Amor e Morte, com música de Frederico de Freitas, coreografia de Patrick Hurde e cenários e figurinos de Júlio Resende, Pas de Deux do bailado Quebra Nozes e Suite Medieval, com música de Frederico de Freitas, coreografia de Brydon Page e cenário e figurinos de Artur Casais. A sessão de dia 7 era gratuita para estudantes. 

1978

3 Abril

O Ballet Gulbenkian atua nos dias 3 e 4 de abril. 

1978

1 Junho

O Rivoli continua a acolher os concertos sinfónicos da Orquestra Sinfónica do Porto da Radiodifusão Portuguesa. Em junho decorem os concertos comemorativos do 30º aniversário da Orquestra. 

1978

9 Outubro

A Companhia de Ópera do Teatro de São Carlos dá três récitas no Rivoli, em outubro: La Bohéme (dia 9), A Voz Humana e O Tabarro (dia 25), e D. Pasqual (dia 27). 

1979

26 Janeiro

A Orquestra Gulbenkian atua nos dias 26 de janeiro e 15 de outubro. 

1979

20 Março

A digressão da Primavera da Companhia Nacional de Bailado passa pelo Rivoli, nos dias 20 e 21 de março. 

1979

14 Maio

Em maio, é a vez do Ballet Gulbenkian, com atuações nos dias 14 e 15. 

1979

12 Outubro

A Companhia de Ópera do Teatro de São Carlos apresenta as óperas As Bodas de Fígaro (12.10), Madame Butterfly (25.10) e A Serrana (21.11). 

1980

10 Janeiro

A Orquestra Gulbenkian atua nos dias 10 de janeiro, 13 de março e 15 de maio. 

1980

30 Janeiro

No dia 30 de janeiro, o Ballet da Academia Pirmin Treku, em colaboração com a Companhia Nacional de Bailado dá um espetáculo em favor dos novos emissores da Rádio Renascença. A Academia volta a atuar no Rivoli, no dia 18 de junho, numa organização do Lions Clube de Gaia. 

1980

8 Fevereiro

A Orquestra Sinfónica do Porto da Radiodifusão Portuguesa atua ao longo do ano no Rivoli. No dia 8 de fevereiro, a Orquestra Sinfónica do Porto dá um concerto extraordinário a favor das vítimas do sismo nos Açores. 

1980

17 Março

O Ballet Gulbenkian atua nos meses de março (dias 17 e 18) e maio (dias 13 e 14). 

1980

19 Março

A Orquestra Sinfónica da Rádio de Berlim atua no dia 19 de março. 

1980

2 Junho

No dia 2 de junho, decorre um espetáculo a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro. 

1980

16 Novembro

No cinema, destaque para a estreia em Portugal de As Grades do Inferno (16 de novembro). 

1981

9 Janeiro

O cinema ocupa por completo a programação do Rivoli. Destaque, no início do ano, para a estreia, no Rivoli e no Charlot, do filme O Império Contra Ataca, da saga Star Wars (9 de janeiro). 

1982

18 Maio

No dia 18 de maio, decorre um concerto com Egberto Gismonti e a Academia de Danças. 

1982

4 Outubro

Em outubro, o Teatro Nacional de São Carlos apresenta as óperas Variedades de Proteu (dia 4), Fausto (dia 14), La Traviata (dia 21) e Carmen (dia 28). 

1983

5 Junho

A Orquestra Sinfónica de Bamberg, dirigida pelo maestro Witold Rowicki, com Maria João Pires ao piano, atua no dia 5 de junho. 

1983

16 Dezembro

O Regresso de Jedi, da saga Star Wars, estreia no final do ano (16 de dezembro), no Rivoli e no Charlot. 

1984

10 Fevereiro

Destaque para a estreia de dois filmes portugueses: Os Abismos da Meia-Noite, de António de Macedo (10 de fevereiro), em simultâneo no Rivoli e no Charlot, e Crónica dos Bons Malandros, de Fernando Lopes (21 de dezembro). Os dois filmes conseguiram estar 3 semanas em exibição. 

1984

16 Março

Destaque para as estreias em Portugal dos filmes Gangsters das 4 Rodas (16 de março), Força Mortal (23 de março) e Fugitivos do Inferno (3 de dezembro).  

1984

12 Abril

O Ballet Rambert atua entre os dias 12 e 14 de abril. A iniciativa é promovida pelo British Council em colaboração com a Companhia Nacional de Bailado e a Câmara Municipal do Porto. 

1984

26 Abril

Concerto comemorativo do 10.º aniversário do 25 de Abril. 

1984

27 Julho

Os músicos brasileiros Egberto Gismonti e Nana Vasconcelos atuam no Rivoli, no dia 27 de julho, num espetáculo organizado pela Mundo da Canção. 

1984

9 Novembro

O Grupo Bakhor da RSS do Uzbequistão apresenta, no dia 9 de novembro, a beleza das danças e da música da ásia Central. 

1984

15 Dezembro

O músico português Rão Kyao dá concerto no dia 15 de dezembro, para apresentar o seu álbum Estrada da Luz

1985

13 Janeiro

No cinema, destaque para várias estreias em Portugal: Fuga do Inferno (13 de janeiro); Thor O Conquistador (3 de outubro); Missão Hong Kong (17 de outubro) e O Segredo da Caverna Fantasma (31 de outubro), em simultâneo no Rivoli e no Charlot. Destaque ainda para a estreia do filme português O Crime de Simão Bolandas, de Jorge Brum do Canto (23 de março). 

1985

22 Março

Rão Kyao atua no dia 22 de março, num concerto promovido pelo Sindicato dos Bancários do Norte. 

1985

10 Maio

O Ballet Gulbenkian atua dias 10 e 11 de maio. O programa integra as coreografias Terra do Norte, Nuages, Bênção de Deus e Só Longe Daqui. 

1985

16 Novembro

A Companhia Nacional de Bailado do Teatro Nacional de São Carlos atua nos dias 16 e 17 de novembro, com um programa que integra as coreografias Napoli, There is a Time e Raymonda (III ato). 

1985

29 Novembro

Fausto atua no Rivoli nos dias 29 e 30 de novembro, para apresentar o álbum O Despertar dos Alquimistas.
 

1985

7 Dezembro

No dia 7 de dezembro, Pedro Barroso atua no Rivoli, com Manuel Freire como convidado especial. 

1986

23 Janeiro

Nuno da Câmara Pereira atua nos dias 23 e 24 de janeiro, para apresentar as canções do álbum Mar Português. 

1986

15 Abril

A Companhia de Dança de Lisboa, estreia o seu programa de Primavera no dia 15 de abril. A receita reverte a favor do Hospital de Crianças D. Maria Pia. 

1986

19 Abril

Concerto de Alan Stivell, no dia 19 de abril, promovido pelo Instituto Franco Português. 

1986

24 Abril

A Orquestra Juvenil da Comunidade Europeia Económica (C.E.E.), composta por jovens talentos musicais de dez países da C.E.E, atua no dia 24 de abril. 

1986

24 Maio

A Companhia Gulbenkian de Ballet, dirigida por Jorge Salavisa, atua nos dias 24, 26 e 27 de maio, com três programas diferentes. 

1986

31 Maio

O II Festival da Canção Infantil Rabelo d'Ouro e Alegria Europeia decorre no Rivoli nos dias 31 de maio e 1 de junho. 

1986

13 Dezembro

Espetáculo dos 25 anos da Academia de Bailado Clássico Pirmin Treku, dia 13 de dezembro. 

1987

1 Janeiro

O Rivoli começa a exibir, aos fins de semana, filmes para os mais pequenos.  

1987

4 Janeiro

A Companhia Nacional de Bailado do Teatro Nacional de São Carlos, apresenta O Quebra Nozes, nos dias 4, 5 e 6 de janeiro. 

1987

5 Janeiro

A Companhia Nacional de Bailado do Teatro Nacional de São Carlos apresenta o Lago dos Cisnes (dias 5, 6, 7 e 8 de janeiro). 

1987

10 Fevereiro

O Ballet Gulbenkian atua em fevereiro (dias 10 e 11), em maio (dias 25 e 26) e em outubro (dias 27 e 28). 

1987

27 Março

O Rivoli passa a ser gerido pela Explorações Turísticas Pinto Bandeira, Lda. No dia 27 de março, a empresa inaugura a Danceteria do Rivoli. 

1987

10 Abril

A Companhia de Dança de Lisboa, fundada e dirigida por Rui Horta, atua dias 10, 11 e 12 de abril. 

1987

14 Maio

O Círculo Portuense de Ópera apresenta as óperas Carmen de Bizet (dias 14, 16, 18 e 21 de maio) e Carmina Burana, de Carl Orff (dias 25, 26 e 27 de maio). 

1987

19 Maio

O Ballet Gulbenkian atua nos dias 19 e 20 de maio. 

1987

1 Setembro

Em setembro, destaque para um Ciclo de Cinema Bowie/Sting, com a exibição de filmes em que as duas estrelas da música participaram como atores. 

1987

9 Outubro

No final do ano, destaque para vários concertos, entre eles, dos Taxi (9 de outubro), Astor Piazolla (12 de novembro) ou Bolshoi (20 de dezembro). 

1987

10 Novembro

A Companhia Nacional de Bailado do Teatro Nacional de São Carlos apresenta o bailado Giselle, dias 10 e 11 de novembro. 

1988

2 Fevereiro

A 2 de fevereiro é aprovada a compra do Teatro Rivoli pela Câmara Municipal do Porto, sob a presidência de Fernando Cabral. A aprovação da Assembleia Municipal aconteceu a 3 de abril.  

1988

18 Fevereiro

Durante o ano decorrem vários concertos, entre os quais se destacam Leo Ferré (18 de fevereiro), Peter Murphy (27 de julho), Carlos do Carmo (30 de setembro), Bolshoi e Primal Scream (1 de outubro), John Cale (16 de outubro), Rui Veloso (8 de novembro), entre outros. 

1988

29 Junho

O Círculo Portuense de Ópera apresenta Madame Butterfly, dias 29 de junho e 1, 4 e 6 de julho. 

1988

18 Outubro

O Ballet do Teatro Malegot de Leninegrado apresenta-se pela primeira vez em Portugal, no dia 18 de outubro, com o bailado O Lago dos Cisnes

1988

29 Outubro

No dia 29 de outubro, o grupo Fluerach, apresenta as danças, música e canto da Moldávia (URSS). 

1988

10 Novembro

A revista musical Enfim Sós, da autoria de Carlos Cruz, Mário Zambujal e José Duarte, é apresentada entre os dias 10 e 27 de novembro. Do elenco faziam parte, entre muitos outros, Dora, Salvador, Henrique Viana, Luísa Barbosa e Natalina José. 

1989

2 Fevereiro

A 2 de fevereiro é aprovada a compra do Teatro Rivoli pela Câmara Municipal do Porto, sob a presidência de Fernando Cabral. A aprovação da Assembleia Municipal aconteceu a 3 de abril.  

1989

19 Maio

No dia 19 de maio, realiza-se um concerto comemorativo da aquisição do Teatro Rivoli pela Câmara Municipal do Porto, organizado pelo Maestro Álvaro Salazar. 

1989

1 Dezembro

O maestro Manuel Ivo Cruz assume as funções de diretor do Rivoli, em dezembro. 

1990

1 Maio

O Rivoli acolhe vários espetáculos no âmbito do 13º Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica, nos meses de maio e junho. 

1990

25 Maio

O Ballet Gulbenkian atua nos dias 25, 26 e 27 de maio. 

1990

30 Maio

Entre fins de maio e meados de julho, às quintas-feiras, decorre a iniciativa Música ao Fim da Tarde, no foyer do primeiro piso. 

1990

1 Outubro

Durante o mês de outubro, decorre a Temporada de Ópera de Outono

1992

22 Abril

O Ballet Gulbenkian atua nos dias 22, 23 e 24 de abril. 

1992

1 Maio

O Rivoli acolhe, em maio, espetáculos da 4ª edição do FIMP – Festival de Marionetas do Porto. 

1992

1 Junho

Em junho, regressa o Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica, na sua 15ª edição. 

1992

1 Setembro

Em setembro, são os espetáculos no âmbito da 11ª edição do Fazer a Festa - Festival Internacional Para a Infância e Juventude. 

1992

1 Outubro

Em outubro, decorrem vários espetáculos do 7º Festival Internacional do Jovem Teatro. 

1993

1 Fevereiro

Isabel Alves Costa é nomeada diretora do Rivoli. Assume funções em fevereiro. 

1993

1 Fevereiro

No âmbito da iniciativa «Uma Semana de Teatro», a Escola da Noite, de Coimbra, apresenta as peças O Triunfo do Amor, de Marivaux, e Amado Monstro, de Javier Tomeo, ambas com encenação de Rogério de Carvalho. No mesmo ano, a Escola da Noite apresenta Mandrágora, de Maquiavel, com encenação de Ricardo Pais. 

1993

1 Março

O grupo de dança brasileiro Corpo apresenta, em março, um conjunto de espetáculos. 

1993

1 Abril

Em abril, é inaugurada a iniciativa «Chá das Seis – Conversas ao fim da tarde». A primeira sessão contou com as presenças de Ruy de Carvalho e Varela Silva, que partilharam histórias de teatro com o público. 

1993

1 Maio

Em maio, a 5ª edição do FIMP – Festival Internacional de Marionetas do Porto, invade por completo o Rivoli.  

1993

11 Junho

O Ballet Gulbenkian atua nos dias 11 e 12 de julho. 

1993

11 Julho

O Ballet Gulbenkian atua nos dias 11 e 12 de julho. 

1993

1 Setembro

Em setembro decorre o ciclo Outras Danças, Danças do Mundo que integrou, entre outras iniciativas, a apresentação de um espetáculo e um workshop de Kathakali. 

1993

1 Outubro

Aos domingos de manhã, destaque para o ciclo Solistas do Porto, com sessões comentadas pelo Maestro António Vitorino d’Almeida. 

1993

1 Novembro

Em novembro, é apresentado publicamente, o projeto de remodelação do teatro. Projeção do documentário de António Augusto Soares e António Joaquim Gomes Um Canto da Cidade e apresentação da brochura Rivoli Teatro Municipal – 80 anos de espetáculos, de José Gomes Bandeira. Na mesma ocasião realiza-se um concerto de Sérgio Godinho. 

1993

1 Dezembro

Em dezembro, o Rivoli acolhe uma Feira de Artesanato, que não se podia realizar, como habitualmente, no Mercado Ferreira Borges. Também em dezembro decorre uma rave organizada pela KAOS, designada Raveoli. 

1994

1 Janeiro

Com o atraso das obras de remodelação, o Rivoli teve de continuar a apresentar programação, embora já tivesse sido esvaziado. Entre janeiro e julho decorrem vários espetáculos, utilizando diferentes espaços do teatro. Alguns desses espetáculos: Histórias Mínimas, de Javier Toméo, pelo grupo As Boas Raparigas Vão para o Céu as Más Para Todo o Lado; exercício em torno do ato IV da peça O Cerejal, de Tcheckhov, orientado por António Augusto Barros, com os alunos do Balleteatro; Minimal Show, de Sergi Belbel e Miquel Górniz, com encenação de José Wallenstein, com alunos do Balleteatro; O Aniversário da Infanta, de Óscar Wilde, pelo Grupo Pé de Vento; Bão, de João Mota, no âmbito do 6º FIMP, entre outros. 

1994

1 Junho

O Rivoli entra em obras. 

1996

17 Junho

A 17 de julho é formalmente constituída a Culturporto. 

1997

18 Fevereiro

A 18 de fevereiro, a Culturporto inicia formalmente a atividade 

1997

1 Outubro

Sérgio Godinho atua em outubro. O espetáculo Godinho no Mundo viria a ser gravado e, em conjunto com o concerto do Ritz Club, daria origem ao álbum ao vivo Rivolitz

1997

1 Outubro

Foram apresentados vários espetáculos, em torno de textos de Heiner Müller, com destaque para A Libertação de Prometeu, dirigido por Heiner Goebbels (concerto cénico para dois músicos – Goebbels nas teclas e David Moss nas percussões e vocalizações – e um ator – João Pedro Vaz); Máquina Hamlet, criação e direção de João Paulo Seara Cardoso (Teatro de Marionetas do Porto) e Isabel Barros (Balleteatro Companhia), que unia a dança às marionetas. 

1997

16 Outubro

O Rivoli reabre renovado a 16 de outubro, com um concerto da Orquestra Nacional do Porto.  

1997

20 Outubro

No dia 20 de outubro é inaugurado o Ciclo Nascer da Noite, no Café-Concerto, com a Magia de Luís de Matos. 

1997

27 Novembro

Com o espetáculo O Aleijadinho do Corvo, de Martin McDonaugh, estreado a 27 de novembro, pelo grupo Visões Úteis, o Rivoli inicia um conjunto de coproduções com companhias de teatro da cidade. Foi a primeira coprodução criada de raiz, a ser apresentada no Pequeno Auditório. 

1997

1 Dezembro

Na área da música, o Rivoli inicia colaborações com os Concertos Portugal Telecom, com a apresentação de um concerto todos os anos (começa com a Orquestra Barroca de Amsterdão) e com a Fundação Calouste Gulbenkian (começa com a apresentação de Missa, de Domingos Bomtempo, pela orquestra e coro). 

1997

1 Dezembro

Na área da música, o Rivoli inicia colaborações com os Concertos Portugal Telecom, com a apresentação de um concerto todos os anos (começa com a Orquestra Barroca de Amsterdão) e com a Fundação Calouste Gulbenkian (começa com a apresentação de Missa, de Domingos Bomtempo, pela orquestra e coro). 

1997

9 Dezembro

Entre os dias 9 e 14 de dezembro, foi apresentado o espetáculo Hotel Orpheu, de Gabriel Gbadamosi. 

1998

1 Janeiro

A Companhia Nacional de Bailado apresenta as coreografias Cinderela e A Bela Adormecida, em janeiro. Do desafio lançado às coreógrafas Né Barros e Joana Providência, a partir de A Bela Adormecida, nascem as coreografias Adormecida (Né Barros) e Sombras (Joana Providência), estreadas no Pequeno Auditório. 

1998

15 Fevereiro

Em janeiro estreia A Tragédia de Coriolano, uma coprodução com os Artistas Unidos (Lisboa) e Ensemble (Porto). No elenco estavam nomes como Miguel Borges, António Capelo, António Durães e João Pedro Vaz.  

1998

15 Março

Em março, atua a Goran Bregovic Wedding and Funeral Band, no âmbito do Ciclo Trilhos Ciganos, que propunha o cruzamento do cinema, da fotografia e da dança com a música para celebrar a cultura dos povos nómadas.  

1998

1 Maio

O Rivoli assinalou o centenário do nascimento do compositor George Gershwin, com várias iniciativas. 

1998

27 Maio

O Ballet Gulbenkian atua nos dias 27 e 28 de maio. 

1998

1 Julho

O centenário de Brecht também foi assinalado, com um ciclo temático, em que se destacou o espetáculo Aos que Nasceram Depois de Nós – Canções do Pobre BB (uma coprodução entre os Artistas Unidos e a Companhia de Teatro de Braga), com direção cénica de Jorge Silva Melo e direção musical de Jorge Palma. 

1998

1 Setembro

A articulação entre teatro e literatura serviu de mote a um conjunto de solos: Stig Dagerman/Nuno Cardoso, Irene Lisboa/Susana Borges, Lautréamont/Paulo Moura Lopes. 

1998

1 Outubro

O centenário de Garcia Lorca foi assinalado, entre outras iniciativas, com as peças Paysage Choisie, de Nuno Cardoso, a partir de textos de juventude do dramaturgo espanhol, e Amor de D. Perlimplim com Belisa em seu Jardim, pela Tarumba. 

1998

16 Outubro

O primeiro ano de funcionamento do Rivoli como Teatro Municipal foi assinalado com o concerto 7 Pecados Capitais. Sete compositores portugueses (Pedro Moreira, Bernardo Sassetti, João Ricardo Oliveira, Isabel Soveral, Vítor Rua, Sérgio Pelágio e Carlos Marecas) compuseram peças a partir da obra de Brecht e Kurt Weil Os Sete Pecados Capitais. O concerto foi estreado no quinto aniversário da Culturgest, antes de se apresentar no Rivoli a 16 de outubro.

1998

11 Novembro

Por ocasião do nonagésimo aniversário de Manoel de Oliveira, a Culturporto e a Cinemateca Portuguesa organizam uma homenagem nacional ao cineasta. O Teatro Rivoli exibe onze filmes do cineasta. O dia 11 de novembro foi dia de festa, com direito a bolo. 

1998

1 Dezembro

Bill T Jones e a Arnie Zane Dance Company apresentam, em novembro, We Set Out... Visibility Was Poor, numa pareceria com a Culturgest). 

1998

9 Dezembro

Entre os dias 9 e 14 de dezembro, foi apresentado o espetáculo Hotel Orpheu, de Gabriel Gbadamosi. 

1999

1 Janeiro

O Rivoli acolhe vários concertos, com destaque para o espetáculo Afinidades, que juntou os Clã e Sérgio Godinho. 

1999

1 Fevereiro

O ciclo Almeida Garrett e o Romantismo Musical assinalou o bicentenário do nascimento do escritor e levou ao Porto alguns intérpretes da cena musical internacional e não só. O ciclo abriu em fevereiro, com o barítono alemão Mathias Goerne, acompanhado do piano por Eric Schneider. Destaque ainda para a coprodução do espetáculo Almeida Garrett – Público e Privado, de António Fonseca (apresentado em outubro). 

1999

1 Maio

Em vários espaços do teatro foram apresentadas, no mês de maio, quatro versões da peça Romeu e Julieta, de Shakespeare: Romeu e Julieta, de Horário Manuel (em pareceria com o programa Marionetas em Maio, do FIMP); Romeu e Julieta, versão crioula pelo Grupo de Teatro do Centro Cultural do Mindelo (Cabo Verde); Romeu. Versão Montesca da Tragédia de Verona, pelo Teatro Meridional; e Romeu e Julieta, para a Lua, o Sol e Algumas Estrelas, pelo Nada Théâtre (em parceria com o programa Marionetas em Maio, do FIMP). 

1999

1 Junho

O Ciclo de Dança Contemporânea integrou algumas participações internacionais de relevo: Necessary Weather, de Dana Reitz e Jennifer Tipton; Appetite, de Meg Stuart e Ann Hamilton & Damaged Goods; Salt, dos Lalala Human Steps; Lets op Bach, de Alain Platel, pelos Les Ballets C. de la B. No âmbito nacional, a Companhia Nacional de Bailado apresentou trabalhos de William Forsythe e Anne Teresa de Keersmaeker e o Balleteatro a coprodução de Vooum, de Né Barros. 

1999

1 Julho

O Rivoli retoma o Ciclo de Ópera, com a apresentação da versão de concerto, de Vénus e Adonis, de John Blow (fevereiro), em coprodução com a Vidairada – Produções Musicais e Festival de Mafra, e de Satyricon, ópera de Bruno Maderna, no âmbito da pré-programação da Casa da Música/2001, com direção musical de Aldo Brizzi (julho). 

1999

1 Agosto

No âmbito do ciclo Cinema Mudo, Música ao Vivo, destaque para as exibições de Sunrise, de Murnau e Gabinete do Dr. Caligari, de Robert Wiene. 

1999

1 Setembro

Em setembro estreia o espetáculo Get off My Garden, de Alan Richardson, produzido pela Diabo a Quatro. 

2000

1 Janeiro

A Companhia DCA (Decouflé & Complice Associés) apresenta, em janeiro, Triton, uma coreografia de Philippe Decouflé entre a dança e o universo circense.  

2000

15 Janeiro

Na dança contemporânea, destaque para as apresentações de Trisha Brown Dance Company, com três obras concebidas em diferentes épocas: Set and Reset (1983), Canto/Piano (1998) e Five Part Weather Invention (1999); da Companhia Post-Retroguardian, de Paco Dénica, com os seus três últimos trabalhos, Huà – Un Homme Vivant Face à un Homme Mort, Lettre au Silence e Neti-Neti – Ni Ceci, Ni Cela; de Mathilde Monnier, com o espetáculo Les Lieux Là; e da companhia Roc in Lichen, de Laura de Nercy e Bruno Dizien, com o espetáculo de dança vertical Le Creux Poplité. No domínio nacional, destaque para Causa /Efeito, de Joana Providência. 

2000

20 Janeiro

No âmbito de mais uma edição do ciclo Cinema Mudo, Música ao Vivo, foram exibidos, entre outros, os filmes O Circo, de Charlie Chaplin, acompanhado da música composta por Wayne Horvitz (janeiro), Maria do Mar, de Leitão de Barros, em versão restaurada pela Cinemateca, com acompanhamento de Bernanrdo Sassetti (março), e Fausto, de Murnau, acompanhado pelo Ensemble Metropolis Projekt. 

2000

25 Janeiro

No âmbito da ópera, destaque para L’Amore Industrioso, ópera em três atos, de João de Sousa Carvalho, com encenação de Nuno Carinhas, e Te English Cat, com música de Hans Werner Henze e libreto de Edward Bond, numa versão encenada por Luís Miguel Cintra. 

2000

1 Fevereiro

O Rivoli promove os ciclos Concerto para Um Instrumento, Concertos ao Domingo e Concertos da Orquestra Nacional do Porto. No âmbito da música contemporânea, destaque para Drumming Playing Drumming, de Steve Reich, concerto de percussões, dirigido por Miguel Bernat, e para o concerto cénico Max Black, de Heiner Goebblels (fevereiro). 

2000

1 Novembro

No teatro, foi um ano em que foram apresentadas várias produções de companhias do Porto, em coprodução com o Rivoli. Destaque para: Aconteceu Amanhã, monólogos de três mulheres, de Dario Fo e Franca Rame, com encenação de Rogério de Carvalho; Atentados, de Martim Crimp, com encenação de João Pedro Vaz, pela Assédio; Recado aos Corações Despedaçados, de Gregory Motton, pelo Visões Úteis; Num Mar Interior, de Edward Bond, encenação de António Fonseca, pelo grupo Caixa Negra; e Voyager, um espetáculo de poesia e música pela companhia Alain Rais 

2000

1 Dezembro

Várias iniciativas assinalaram os 500 anos do “Achamento” do Brasil, com particular destaque para a música. 

2001

1 Janeiro

No âmbito da Porto 2001 – Capital Europeia da Cultura, o Rivoli acolhe Oh! You Walk?, de Bill T. Jones (janeiro).  

2001

1 Agosto

O Rivoli coproduz com a Porto 2001, o espetáculo Quiero, Quiero, comédia clownesca dirigida por André Riot-Sarcey, interpretada por jovens atores residentes no Porto. 

2001

1 Setembro

 Na ópera, destaque para a reposição de L’Amore Industrioso, de João de Sousa Carvalho. O Rivoli acolhe a estreia mundial de Melodias Estranhas, de António Chagas Rosa, com libreto de Gerrit Komrij, pelo Remix Ensempble/Casa da Música.

2001

1 Outubro

A Orquestra Nacional do Porto apresenta uma série de três concertos. 

2001

1 Novembro

Destaque, no teatro nacional, para as coproduções com o Teatro Bruto – Vermelho, de Vânia Cosme, com encenação de Pedro Mendonça; Amarelo, texto e encenação de João Meireles; e Azul, com textos de Marguerite Duras e Yann Andréa, e encenação de João Paulo Costa – e com o Teatro Plástico – A Escola do Mistério, de Paul Selig, com encenação de Francisco Alves. 

2001

1 Dezembro

Na programação do Porto 2001, entre outras iniciativas, destaque para os espetáculos de marionetas Roncevaux, de Massimo Shuster e Cosi Fan Tutte, de Mozart (coprodução Porto 2001/Marionetas de Lisboa), para As Filhas do Marajá (parte 1 e 2), do Teatro da Garagem, e para os concertos da Orquestra Metropolitana de Lisboa e Coro e Orquestra Gulbenkian. 

2002

1 Maio

Em ano de Capicua, o Rivoli desafiou Eduardo Prado Coelho para comissariar um quadro temático em torno do tema, com várias iniciativas, entre elas: Três Extravagâncias – Concerto cénico pelo Remix Ensemble e o Estúdio Ópera; Existe um Substituto para a Experiência? e Tu és Eu?, instalações de Fernanda Fragateiro para o foyer Rivoli; reposição de Miséria, das Marionetas do Porto, espetáculo emblemático da companhia, nos dez anos da sua criação; Valparaíso, do Ao Cabo Teatro, em coprodução com o Rivoli e a Culturgest, com encenação de Nuno Cardoso; Un Certain Endroit du Ventre, de Cloé Moglia e Melissa Von Vepy, espetáculo de novo circo. 

2002

1 Julho

No âmbito do 70º aniversário de Harold Pinter, o Rivoli desenvolveu um conjunto de iniciativas, com destaque para os espetáculos O Amante, em coprodução com os Artistas Unidos, e Cinza às Cinzas, pela Assédio. 

2002

1 Agosto

Para assinalar o aniversário do Rivoli renovado, foram pensadas várias iniciativas: Sentinelas da Dança, intervenção coreográfica de Bruno Dizien (produção Sete Pés), na fachada do edifício; inauguração da livraria e lançamento do Nº 0 dos Cadernos do Rivoli; Universo da Infância, recital de canto para a infância, com Catarina Molder, acompanhada ao piano por Nuno Barroso; programa especial para o aniversário, da Companhia Nacional de Bailado: Present Tense, de David Fielding e duas obras de Balanchine, Who Cares? e Apollo.

2002

1 Setembro

No âmbito do projeto «Bairros», foram desenvolvidas várias iniciativas com companhias do Porto e jovens de diferentes bairros portuenses. 

2002

1 Outubro

O Ciclo de Dança Contemporânea integrou, entre outros, os espetáculos: Taagalá, Le Voyageur, de Salia Sanau, assistido por Seydou Boro, pela Companhia Salia nï Seydou, do Burkina Faso; Rien de Rien (Non je ne Regrette Rien), de Sidi Larbi Cherkaoui e Roel Dieltiens, pelos Les Ballets C. de la B.; a coreografia No Fly Zone, de Né Barros, no âmbito do Mudanças 2002 – Plataforma de Dança Portuguesa Contemporânea; Le Cri du Monde e Les 24 Préludes de Chopin, pela Cie Marie Chouinard, do Canadá; Undress, da Companhia Instável (coreografia de Romit Ziv). 

2002

1 Novembro

O Ciclo Novo Circo apresentou, entre outros: La Syncope du 7, pela companhia AOC; Les Chant des Ballets, com Vincent de Lavenère e Eric Bellocq; e Petites Histoires en L’air…, pela Compagnie Lunatic; e Un certain endroit du ventre, de Cloé Moglia e Melissa Von Vepy. 

2002

1 Dezembro

No âmbito do Ciclo Solos, foram apresentados os espetáculos de teatro: Primeiro Amor, de Samuel Beckett, por Miguel Borges/ Artistas Unidos; O Diário de Vaslav Nijinsky, pelo Teatro Bruto, interpretação de Mário Santos; Conversas à Solta ou histórias da História do Teatro, por Raul Solnado, no ano em que assinalou 50 anos de carreira; e a coreografia Um Privilégio Característico, de Tânia Carvalho.

2003

1 Janeiro

O Ciclo Dança Contemporânea abriu com a apresentação de Babelle Heureuse, pela Compagnie Montalvo-Hervieu, um espetáculo que misturava vários tipos de dança. Seguiram-se Signé, pela Companhia de Mathilde Monnier, Apesar das Evidências, de Joclécio Azevedo (em estreia absoluta), Polaroid, de Clara Andermatt e Wade in the Water, pela Companhia Instável (também em estreia). 

2003

1 Fevereiro

 No âmbito do Ciclo Novo Circo, foram apresentados: Bascule, da Compagnie Anomalie; L’Homme d’hus, da Compagnie La Mere Boitel; Bougez pas Bouger, da Compagnie Oki Haiku Dan; La Veste, da Compagnie Du Singulier.

2003

1 Março

Foi retomado o Ciclo de Concertos da Orquestra Nacional do Porto. 

2003

1 Abril

O Rivoli coproduziu com a Casa da Música/Estúdio de Ópera, e Remix Ensemble, em colaboração com o 29º Festival Internacional de Música de Espinho, o espetáculo Ópera Numa Noite de Verão

2003

1 Maio

Por ocasião do 90º aniversário de Helena Sá e Costa, por iniciativa do Rivoli, foi realizada uma homenagem àquela que é considerada uma figura incontornável da cultura portuguesa (maio). 

2004

1 Julho

A programação assentou, em grande parte, no grande acontecimento do ano: o Euro/2004. O grande destaque foi um ciclo dedicado à temática – Pontapé de Saída - nos meses de abril e maio, comissariado por Carlos Moedas. 

2004

1 Agosto

No âmbito do Ciclo de dança Contemporânea, destaque para as apresentações da Companhia Nacional de Bailado, com Pedro e Inês, de Olga Roriz; Blush, de Wim Vandekeybus pela companhia Última Vez; Once, pela companhia Rosa, de Anne Teresa de Keersmacker; e 7 Solos for 11 Scenes/Falling Through…, de Peter Michel Dietz, para a Companhia de Paulo Ribeiro. 

2004

1 Setembro

No Ciclo Novo Circo destaque para: Fenêtres e La Cabane ou Fenêtres, de Maturin Bolze, pela companhia Les mains, les pieds e la tête aussi; Bechtout, pela Baro d’EvelCirk Comgnie; Les Chant des Balles, da companhia Chant des Balles; Les Sublimes, pela Companhia Hendrick Van Der Zee; e EX Madame V, pela companhia Le Nadir (no âmbito do Serralves em Festa). 

2004

1 Outubro

Foram apresentadas algumas óperas em coprodução com a Casa da Música. 

2004

1 Novembro

No âmbito do teatro, foi assinalado o 10º aniversário do Visões Úteis, para além da apresentação de outras peças de companhias do Porto. 

2004

1 Dezembro

Foram lançados 4 números dos Cadernos do Rivoli: o Nº 1 dedicado ao ciclo Capicua 2002; o Nº 2 dedicado ao Novo Circo; o Nº 3 dedicado ao ciclo Pontapé de Saída; e o Nº 4, dedicado à Dança

2005

1 Janeiro

No âmbito do Ciclo de Dança Contemporânea, destaque para: Em Resumo, de Joclécio Azevedo; Publique, de Mathide Monnier; Três Coreógrafos Portugueses, pela Companhia Nacional de Bailado; CUTT!, de Boyzie Cekwana (África do Sul); Solistas, de Né Barros, numa coprodução com o Balleteatro Companhia; On Danse, pela Cie Montalvo-Hervieu.

2005

1 Novembro

Espetáculos no âmbito do Ciclo Novo Circo: La Voix de la Muette, de Frank Dinnet (França); La Vertige do Papillon, pela Feria Musica (Bélgica); Janei, pela companhia Metzger/Zimmermann/de Perrot (Suíça); L’Óratório de Aurélia, criação de Victória Thierrée Chaplin, Aurélia Thierrée e Timothy Harling; What Goes O, da Cie Circulation Locale. 

2005

1 Dezembro

Na área do teatro, mantém-se o apoio a companhias do Porto. 

2006

1 Janeiro

 No âmbito do Ciclo de Dança Contemporânea, destaque para: apresentação do programa contemporâneo da Companhia Nacional de Bailado; vsprs, pela Cie Les Ballets C. de la B., espetáculo concebido e encenado por Alain Platel; Pure (Garden+With+Nest), coreografias de Rui Horta para a Companhia Instável.

2006

1 Dezembro

No âmbito do Ciclo Novo Circo foram apresentados: Peut-être, pela Cie O Último Momento e Plus ou moins l’infiniti, pela Cie 111/Phil Soltanoff. 

2007

1 Janeiro

A Câmara Municipal do Porto concessiona a exploração do Rivoli ao empresário teatral e encenador de Filipe La Féria. 

2007

12 Janeiro

A 12 de janeiro, Filipe La Féria apresenta o espetáculo Miss Daisy (que já tinha sido estreado, em 2006, em Oeiras, no Auditório Municipal Eunice Muñoz). 

2007

14 Junho

Estreia da Ópera Rock, Jesus Cristo Superstar, a 14 de junho (La Féria Produções Artísticas, Recreativas e Culturais, Lda.). 

2007

1 Dezembro

 Estreia da peça A Noite dos Assassinos, de José Triana, com encenação de António Pires (Magníficas Produções).

2007

7 Dezembro

Estreia do musical Música no Coração, a 7 de dezembro (La Féria Produções Artísticas, Recreativas e Culturais, Lda.), que já tinha sido apresentado no Teatro Politeama, em Lisboa. 

2008

1 Janeiro

Em janeiro, Filipe La Féria estreia o musical O Principezinho, espetáculo que também já tinha sido apresentado no Teatro Politeama, em Lisboa (La Féria Produções Artísticas, Recreativas e Culturais, Lda.). 

2008

27 Junho

O musical Um Violino no Telhado, estreia a 27 de Junho, no Teatro Rivoli (La Féria Produções Artísticas, Recreativas e Culturais, Lda.). 

2009

6 Março

Estreia do espetáculo Caveman: Mim Caçar, Tu Colher!, de Rob Becker, a 6 de março, com encenação de António Pires (o espetáculo já tinha sido apresentado, no início do ano, na Casa do Artista, em Lisboa). 

2009

15 Abril

A 15 de abril, estreia o espetáculo O Homem do Acaso, de Yasmina Reza, numa produção brasileira, com os atores Nicete Bruno e Paulo Goulart. 

2009

31 Maio

A 31 de maio, Filipe La Fáéia apresenta o musical Piaf!, estreado em maio, no Teatro Angrense ( La Féria Produções Artísticas, Recreativas e Culturais, Lda.). 

2009

12 Junho

A 13 de junho, estreia o musical A gaiola das loucas (La Féria Produções Artísticas, Recreativas e Culturais, Lda.). 

2009

1 Dezembro

Apresentação do musical O Feiticeiro de Oz (La Féria Produções Artísticas, Recreativas e Culturais, Lda.). 

2009

5 Dezembro

Em dezembro (estreia a 5) é a vez do espetáculo A Casa do Lago, de Ernest Thompson, que já tinha sido apresentado no Teatro Politeama, em Lisboa (La Féria Produções Artísticas, Recreativas e Culturais, Lda.). 

2010

22 Abril

 Estreia do musical Annie, a 22 de abril, (La Féria Produções Artísticas, Recreativas e Culturais, Lda.).

2010

1 Outubro

Apresentação do espetáculo Mais Respeito que Sou Tua Mãe, do ator Joaquim Monchique (de outubro a dezembro), produzido pela UAU, com quem é partilhada a concessão do teatro. 

2011

1 Fevereiro

Apresentação do espetáculo Produto, de Mark Ravenhill, pela Assédio – Associação de Ideias Obscuras, em fevereiro, com encenação de João Cardoso e Rosa Quiroga. 

2011

1 Novembro

 Em novembro, é apresentado o espetáculo Os 39 Degraus, inspirado no filme homónimo de Alfred Hitchcock, sob a direção de Claudio Hochman.

2011

2 Dezembro

A Elenco Produções estreia, em dezembro, A Ilha do Tesouro – O Musical, com encenação de Rui Melo e música de Artur Guimarães. 

2013

1 Junho

A Filipe Crawford – Produções Teatrais apresenta, em junho, o espetáculo Monstros, S. A. - Sem Abrigo. 

2013

1 Outubro

Filipe la Feria apresenta, nos meses de outubro, novembro e dezembro, O melhor de La Féria e o musical Peter Pan

2014

1 Janeiro

O executivo camarário abre concurso para a direção artística do Rivoli, agora agrupado ao Teatro Campo Alegre, com o nome Teatro Municipal do Porto. O concurso é ganho pelo coreógrafo e programador Tiago Guedes. 

2014

4 Setembro

A 4 Setembro é apresentado, pelo vereador da Cultura Paulo Cunha e Silva, o programa O Rivoli já dança! que, entre setembro e dezembro celebrará a abertura do Rivoli, entendida como a sua devolução à cidade. 

2015

11 Novembro

Falece Paulo Cunha e Silva, vereador da cultura da Câmara Municipal do Porto. O seu corpo é velado no Rivoli. 

2016

27 Abril

A 1.ª edição do DDD - Festival Dias da Dança acontece de 27 de abril a 7 de maio no Teatro Municipal do Porto e em vários outros espaços das cidades do Porto, Matosinhos e Gaia. 

2017

21 Janeiro

É lançado o volume 05 dos Cadernos do Rivoli, um projeto da autoria do designer Nuno Coelho. 

2017

27 Abril

 Abertura da 2.ª edição do DDD - Festival Dias da Dança, que decorre até 11 de maio.

2017

15 Setembro

O coreógrafo Marco da Silva Ferreira e o encenador Jorge Andrade (mala voadora) são anunciados como Artistas Associados do Teatro Municipal do Porto para as temporadas 2017/2018 e 2018/2019. 

2018

26 Abril

O DDD - Festival Dias da Dança regressa para a sua terceira edição: de 26 de abril a 13 de maio. 

2019

24 Abril

O DDD - Festival Dias da Dança e o FITEI - Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica realizam-se entre 24 de abril e 25 de maio. No cruzamento das programações dos dois festivais organiza-se a Semana +, dedicada a obras de artistas portugueses, um evento especialmente desenhado para programadores nacionais e internacionais. 

2019

15 Setembro

Ana Isabel Castro e a dupla Guilherme de Sousa e Pedro Azevedo são os Jovens Artistas Associados (JAA) para as temporadas 2019/2020 e 2020/2021. 

2020

13 Março

A pandemia de Covid-19 dita o encerramento do Rivoli a partir de 13 de março. Toda a programação presencial é suspensa até setembro, sendo parcialmente substituída por uma programação online. 

2020

15 Setembro

 Jonathan Uliel Saldanha é anunciado como Artista Associado do Teatro Municipal do Porto para as temporadas 2020/2021 e 2021/2022.

2020

15 Setembro

 Jonathan Uliel Saldanha é anunciado como Artista Associado do Teatro Municipal do Porto para as temporadas 2020/2021 e 2021/2022.

2021

13 Janeiro

Canzone per Ornella, apresentado no Grande Auditório a 13 de janeiro, é a última atuação de Raimund Hoghe. O coreógrafo alemão, várias vezes programado no Rivoli ao longo dos anos, viria a morrer a 14 de maio. 

2021

20 Janeiro

É lançado o volume 07 dos Cadernos do Rivoli, com edição de Tiago Bartolomeu Costa. 

2021

20 Abril

Depois de um novo confinamento, o Rivoli reabre a 20 de abril para uma edição No Palco / Em Casa do DDD - Festival Dias da Dança. 

2022

18 Janeiro

O Rivoli celebra o seu 90.º aniversário com uma programação de seis dias (18-23 janeiro) em vários espaços culturais da cidade do Porto, que inclui, entre outros, o lançamento dos Cadernos do Rivoli 08-09 nos Paços do Concelho.