Pedro Prazeres

velvetcarpet_LITE
Em Parceria com Palcos Instáveis / Companhia Instável

Novembro

10 Sáb 21.00h


CAMPO ALEGRE Sala-Estúdio

5.00€ • >6

bilhetes

Conceção e Coreografia Pedro Prazeres
Composição sonora Jorge Queijo
Composição Texto-espacial Carolina Martins
Vídeo Sofia Marques Ferreira
Interpretação Julen Barrenengoa, Pedro Prazeres e Jorge Queijo
Projeção Martins Ratniks
Olhar Externo Berrak Yedek e Fabrice Ramalingom
Apoio institucional Câmara Municipal do Porto e Fundação GDA
Apoio à produção Sekoia – Artes Performativas, Maus Hábitos, Heurtebise e Companhia Instável
Apoio à residência Espaço Mira, EIRA, gnration, Companhia Instável, Centro Cultural do Cartaxo e Armazém 22
Duração aprox. 45 mins
Velvetcarpet_LITE é um excerto de um objecto que vive em constante reconfiguração.
É início e fim, uma e outra vez, tecendo e mudando e repetindo e mudando e repetindo. É um lugar que perde e ganha a sua origem, enquanto dela se desloca para com ela se relacionar; um lugar de reunião e comunhão consciente e inconsciente partilhado por estranhos e não-estranhos; um nódulo não-comunicacional que, paradoxalmente, comunica através de elementos (in)visíveis. Por meio de frequências sonoras, movimentos corporais e vídeo, velvetcarpet_LITE enlaça passado e futuro com o aqui e agora, transformando-se numa paisagem flutuante que revela a matéria imaterial que nos rodeia, o etéreo, através de frequências que reverberam no público.

Pedro Prazeres tem formação em Arquitetura Paisagista e em Dança Contemporânea. Situa dança e paisagem numa relação simbiótica de conhecimento cruzado, intersectando ambos os processos criativos e entrelaçando a sua prática artística na relação entre o lugar, o sujeito, e o etéreo. Cria instalações de dança e performances que apresenta em festivais internacionais, como o Festival DDD – Dias da Dança (Porto) e o FIDCU (Montevideo), em museus como a Fundação Serralves e a Galeria Nacional de Praga, em locais não convencionais e ainda em paisagens urbanas e rurais.
Pedro Prazeres - © Carolina Martins

© Carolina Martins

calendário