Blitz Theatre Group

Late night
Grécia
Estreia Nacional

Outubro

4 Qui 21.00h


RIVOLI Grande Auditório

10.00€  • >12 

bilhetes

Direção Blitztheatregroup (Angeliki Papoulia, Christos Passalis, Yorgos Valais)
Dramaturgia Blitztheatregroup / Angelos Skassilas
Interpretação Maria Filini, Ioanna Rabaouni, Angeliki Papoulia, Christos Passalis, Fidel Talaboukas, Yorgos Valais
Assistência de Direção Vasia Attarian
Desenho de Luz Tasos Palaioroutas
Coreografia Yannis Nikolaidis
Cenografia E Birba
Figurinos Vassilia Rozana
Administração / Produção Maria Dourou, Judith Martin / Ligne Directe
Produção Onassis Cultural Center, Blitztheatregroup
Coprodução La Filature –Scène Nationale de Mulhouse
Duração aprox. 1h30

Espetáculo falado em grego, com legendagem em português  
Este é o fim do mundo (em grego): a companhia Blitz Theatre Group dança, em palco, uma valsa surreal sobre as ruínas da Europa, num momento pleno de melancolia e com um fino e requintado sentido de humor.  
Quando tudo se desintegra, o que podemos fazer? Talvez esperar... e esperar que o tempo passe. Mas porque não aproveitar esse tempo para dançar e ouvir música? Este é um mundo apocalíptico habitado por três homens e três mulheres. Aparentemente, são os seus trajes de gala e as suas memórias aquilo que lhes resta. Contam fragmentos de histórias que vivem o passado, de uma guerra europeia que parece tão surreal como colorida é a iluminação festiva do salão de festas onde estas seis pessoas – que não estão com qualquer vontade de festejar – se reúnem. Evocam lembranças de tempos felizes e entregam-se a uma despedida da Europa que é tão impressionante quanto deprimente. Dançam, uma valsa após a outra, como se dela dependesse a vida ou a morte. O que esperam eles? Ou melhor... O que procuram quando tudo se desmorona?

O Blitz Theatre Group é um coletivo criado em 2004 por três artistas: Yorgos Valais, Angeliki Papoulia e Christos Passalis. O grupo assume que o teatro é um campo onde as pessoas se encontram e trocam ideias, ao invés de um lugar de virtuosismos e verdades prontas. Há uma necessidade de respostas para o que é a arte hoje. Em todas as suas peças, o grupo faz a seguinte pergunta: como representar um mundo que muda constantemente e mergulha a sociedade na admiração constante? A companhia não pretende fazer “teatro político”, mas mesmo assim propõe formas teatrais comprometidas que muitas vezes tomam a forma de performances reais.  
Blitz Theatre Group - © Vassilis Makris

© Vassilis Makris

calendário