1, 2, 3...

... Perguntas a João Ferreira

Qua 3 Outubro 2018

Queer Porto
O Queer Porto deste ano é bastante transversal relativamente aos temas abordados. Este tem sido um ponto presente em todas as edições. Mas porquê relacionar temas tão diferentes numa só edição? 

Eu diria que é quase inevitável e salutar misturar tantos temas, porque a cultura queer atravessa vários assuntos e culturas. Quando falamos do cinema queer enquanto género, podemos considerar que ele tem um pouco de todos os tipos de cinema: o melodrama, o drama, a comédia, o experimental e, para nós, é fundamental focar esses diferentes elementos. O VIH/SIDA, por exemplo, é um tema que sempre tivemos muito presente – aliás, neste ano, lançamos um livro sobre a relação do cinema com o VIH/SIDA e a importância que a epidemia teve, na própria transformação de um certo cinema independente, particularmente nos Estados Unidos. Sendo um tema que ainda está muito presente hoje, vamos dar a ver o filme “1985”, que nos vai fazer reviver esse período negro da epidemia, dos meados dos anos 80. Depois existem outros temas, como a moda. É impossível pensar a moda sem a cultura queer, porque a forma de vestir também faz parte da nossa identidade. E vamos ter um exemplo de um caso muito particular, o do Maison Margiela, uma figura que ninguém conhece, existindo apenas uma fotografia dele, embora esteja ainda vivo. Neste documentário, vamos ver como é que esta casa é completamente queer, no sentido em que desconstruiu tudo aquilo que existia enquanto noção de moda, nas fronteiras entre o que é masculino e o que é feminino.

Esta é já a quarta edição do projeto no Porto. Como tens encarado esta evolução e a introdução de um festival desta dimensão no calendário de festivais na cidade?

Mantivemos sempre esta ideia de uma competição mista, que mistura ficção e documentário. Achamos que faz sentido na filosofia do que é o festival. Vamos percebendo o público, procurando o que lhe interessa. Dessa forma, fomos percebendo que há questões funcionam bem com um público mais universitário. O Porto tem esta vantagem, de ter várias universidades de Artes no centro e isso é muito bom para o festival, pois podemos e devemos trabalhar com essas escolas e com esse público. E devemos estar atentos, de uma edição para a outra, porque assim também se torna mais interessante para nós. Sendo sempre um processo em evolução.

Sendo cada edição feita de dezenas de filmes, fazemos-te um desafio: em poucas palavras, consegues destacar dois ou três momentos imperdíveis desta edição?

É sempre difícil destacar porque tentamos ir ao encontro dos gostos de diferentes públicos. Um documentário que eu acho magnifico, e que vamos apresentar, é aquele que vai falar sobre a dramaturga norte-americana Maria Irene Fornés, o “The Rest I Make Up”, que conta a forma como uma jovem realizadora americana vai ter com Maria Fornés, que já se encontra bastante debilitada, com muitos problemas de memória, depois de ter sido obrigada a deixar de trabalhar. E é muito engraçado ver como este encontro entre as duas, que a vai espevitar e incentivar a reviver a sua vida e a sua obra. Aliás, o festival deste ano fala muito sobre a questão do feminino e em particular do feminismo, através de uma série de vozes que foram fundamentais para a causa. A de Maria Fornés foi uma delas, da mesma forma que a Caroline Chedimen também a foi. Vai ser uma sessão única sobre esta performer americana, que nos faz pensar na importância desse radicalismo que é mostrar o corpo da mulher ou o seu próprio corpo, como é o caso da Chedimen. Penso que ainda faz sentido hoje fazer essa revindicação, mostrar o corpo e mostrar o que é isto de ser feminista.

Fotografia © Queer Porto

1, 2, 3... -
1, 2, 3...

Qua 3 Abril 2019

1, 2, 3...

... Perguntas a Ricardo Neves-Neves

"Banda sonora"

Miquel Bernat

Seg 1 Abril 2019

Miquel Bernat

Entrevista

sobre "Textures & lines"

1, 2, 3...

Ter 26 Março 2019

1, 2, 3...

... Perguntas a John Romão

BoCA - Biennial of Contemporary Arts 2019

Ter 19 Março 2019

"Moving with Pina":

A obra de Pina Bausch pelos gestos de Cristiana Morganti

Cristiana Morganti apresenta, em estreia nacional, a conferência performativa "Moving with Pina", nos dias 22 e 23 de março, no Teatro Campo Alegre, onde partilha as suas vivências com a coreógrafa alemã ao longo de 11 anos.

1, 2, 3...

Seg 18 Março 2019

1, 2, 3...

... Perguntas a João Sousa Cardoso

Multiplex 2019: Bette Gordon

1, 2, 3...

Sex 15 Março 2019

1, 2, 3...

... Perguntas a Gustavo Costa e Igor Gandra (Sonoscopia & Teatro de Ferro)

"W - Concerto encenado para orquestra robótica e marionetas"

1, 2, 3...

Seg 11 Março 2019

1, 2, 3...

... Perguntas a António Júlio

"O Dia da matança na história de Hamlet"

Sex 1 Março 2019

"Os 120 dias de Sodoma": o controverso encenador Milo Rau, no Teatro Rivoli

Nos dias 7 e 8 de março, o controverso encenador Milo Rau apresenta, em estreia nacional, “Os 120 dias de Sodoma”, no Teatro Rivoli – um trabalho que desenvolve as pesquisas em torno do voyeurismo e as suas implicações políticas e artísticas.

1, 2, 3...

Qua 27 Fevereiro 2019

1, 2, 3...

... Perguntas a Tiago Cutileiro

"Tudo nunca sempre o mesmo diferente nada"

Jorge Andrade

Qua 20 Fevereiro 2019

Jorge Andrade

Entrevista

sobre "A manual on work and happiness"

Anarquivo

Qua 13 Fevereiro 2019

Anarquivo

Sobre Anarquismos, de Pablo Fidalgo Lareo

Um registo livre a partir dos espetáculos da temporada para reativar o discurso das conversas pós-espetáculo e repensar o nosso tempo.

Anarquivo

Ter 12 Fevereiro 2019

Anarquivo

Sobre Unwanted, de Dorothée Munyaneza

Um registo livre a partir dos espetáculos da temporada para reativar o discurso das conversas pós-espetáculo e repensar o nosso tempo.

1, 2, 3...

Qua 6 Fevereiro 2019

1, 2, 3...

... Perguntas a Marta Freitas

Curtas de Cena Portuguesa 

Miguel Loureiro

Seg 28 Janeiro 2019

Miguel Loureiro

Entrevista

sobre "A fera na selva"

Seg 28 Janeiro 2019

"Unwanted" de Dorothée Munyaneza

Um relato a partir das histórias reais das vítimas do genocídio em Ruanda

Na sexta-feira, dia 1 de fevereiro, Dorothée Munyaneza apresenta, em estreia nacional, no Teatro Campo Alegre, o espetáculo “Unwanted” – um trabalho que conta a história de mulheres violadas.  

87º Aniversário Rivoli: 100 habitantes do Porto ajudam a apagar as velas

Sex 18 Janeiro 2019

87º Aniversário Rivoli: 100 habitantes do Porto ajudam a apagar as velas

Nos dias 19 e 20 de janeiro, o Teatro Rivoli celebra os seus 87 anos de “vida” numa festa de 48h - com dança, teatro, música, literatura, performance e ainda uma festa até às 04h00 - onde 100 habitantes do Porto ajudam a apagar as velas. 

100% Porto: Teatro Rivoli comemora o seu 87º aniversário em dois dias de festa

Seg 14 Janeiro 2019

100% Porto: Teatro Rivoli comemora o seu 87º aniversário em dois dias de festa

A 19 e 20 de janeiro, o Teatro Rivoli celebra o seu aniversário com mais de uma dezena de espetáculos com entrada gratuita propostos por artistas e companhias da cidade.

Programação de março a julho do TMP apresentada ontem no Teatro Rivoli

Sex 11 Janeiro 2019

Programação de março a julho do TMP apresentada ontem no Teatro Rivoli

A temporada de março a julho de 2019 do Teatro Municipal do Porto (TMP) reúne mais de 50 espetáculos e a parceria inédita entre os festivais DDD e FITEI.

1, 2, 3...

Qua 12 Dezembro 2018

1, 2, 3...

... Perguntas a Dina Lopes

Foco Famílias 2018

PRESENTE!: neste Natal ofereça dois lugares do TMP

Qui 6 Dezembro 2018

PRESENTE!: neste Natal ofereça dois lugares do TMP


O Teatro Municipal do Porto lança, mais uma vez, o PRESENTE!, um voucher que permite a todos os interessados adquirir e oferecer um produto diferenciador nesta época festiva. 

1, 2, 3...

Seg 26 Novembro 2018

1, 2, 3...

... Perguntas a Álvaro Teixeira Lopes

Novos Talentos

João Pais Filipe e Valentina Magaletti: Uma história de amor

Sáb 24 Novembro 2018

João Pais Filipe e Valentina Magaletti: Uma história de amor


Esta é uma história de amor “musical”:
Conheceram-se a 1 de dezembro de 2017, aquando do concerto dos britânicos Tomaga no Subpalco do Rivoli e agora, 364 dias depois – a 30 de novembro -, João Pais Filipe e Valentina Magaletti apresentam um disco a quatro mãos, "Golden Path", no mesmo local onde se conheceram.

1, 2, 3...

Sex 23 Novembro 2018

1, 2, 3...

... Perguntas a Julieta Guimarães

Mostra Estufa

1, 2, 3...

Qui 22 Novembro 2018

1, 2, 3...

... Perguntas a João Gesta

Quintas de Leitura

Anarquivo

Qua 21 Novembro 2018

Anarquivo

Revoluções: a dança múltipla dos corpos

Um registo livre a partir dos espetáculos da temporada para reativar o discurso das conversas pós-espetáculo e repensar o nosso tempo.

Anarquivo

Ter 20 Novembro 2018

Anarquivo

A Love Supreme

Um registo livre a partir dos espetáculos da temporada para reativar o discurso das conversas pós-espetáculo e repensar o nosso tempo.

Anarquivo

Seg 19 Novembro 2018

Anarquivo

Romances inciertos: dançar a própria incerteza

Um registo livre a partir dos espetáculos da temporada para reativar o discurso das conversas pós-espetáculo e repensar o nosso tempo.

HHY & The Macumbas apresentam o novo álbum no Subpalco do Teatro Rivoli

Seg 12 Novembro 2018

HHY & The Macumbas apresentam o novo álbum no Subpalco do Teatro Rivoli


Num concerto do ciclo Understage, desta vez em coprodução com a Amplificasom, HHY & The Macumbas apresentam o novo álbum: “Beheaded Totem”, dia 16 de novembro, às 23h00 no Subpalco do Teatro Rivoli. 

Trilogia da juventude do TEP apresentada na íntegra no Teatro Campo Alegre

Qua 7 Novembro 2018

Trilogia da juventude do TEP apresentada na íntegra no Teatro Campo Alegre


Entre os dias 7 e 17 de novembro, o Teatro Experimental do Porto (TEP) apresenta, na íntegra, a “Trilogia da juventude” no Teatro Campo Alegre.

1, 2, 3...

Dom 4 Novembro 2018

1, 2, 3...

... Perguntas a Martim Pedroso

Nova Companhia

Né Barros

Qui 25 Outubro 2018

Né Barros

Entrevista

sobre "Revoluções"

François Chaignaud e Nino Laisné em concerto-recital no Palácio da Bolsa

Ter 23 Outubro 2018

François Chaignaud e Nino Laisné em concerto-recital no Palácio da Bolsa


Nos dias 26 e 27 de outubro, sexta-feira e sábado, o coreógrafo e bailarino, François Chaignaud, e o artista visual, Nino Laisné, apresentam em estreia nacional o espetáculo “Romances inciertos — un autre Orlando”, no Salão Árabe do Palácio da Bolsa

Anarquivo

Sex 12 Outubro 2018

Anarquivo

Alguma coisa ruiu
Sobre Late Night

Um registo livre a partir dos espetáculos da temporada para reativar o discurso das conversas pós-espetáculo e repensar o nosso tempo.

1, 2, 3...

Qui 11 Outubro 2018

1, 2, 3...

... Perguntas a Cláudia Dias

FIMP – Festival Internacional de Marionetas do Porto 2018

Anarquivo

Qui 11 Outubro 2018

Anarquivo

The Waves: Sob o desenrolar contínuo do gesto

Um registo livre a partir dos espetáculos da temporada para reativar o discurso das conversas pós-espetáculo e repensar o nosso tempo.

1, 2, 3...

Qua 3 Outubro 2018

1, 2, 3...

... Perguntas a João Ferreira

Queer Porto

1, 2, 3...

Qui 27 Setembro 2018

1, 2, 3...

... Perguntas a André e. Teodósio

Teatro Praga

Renata Portas

Seg 10 Setembro 2018

Renata Portas

Entrevista

sobre "Estava em casa à espera que a chuva viesse"

História(s)

Qui 6 Setembro 2018

História(s)

1ª Parte — Tiago Guedes

A temporada 2018/2019 do Teatro Municipal do Porto — Rivoli e Campo Alegre será apresentada em dois tempos e em duas agendas de programação.

Artistas Associados

Sáb 1 Setembro 2018

Artistas Associados

Temporadas 17/18 & 18/19

O coreógrafo Marco da Silva Ferreira e o encenador Jorge Andrade (mala voadora) são os primeiros artistas associados do Teatro Municipal do Porto.