Festival DDD


27 ABR — 13 MAI 2017

PORTO — MATOSINHOS — GAIA

WWW.FESTIVALDDD.COM  

A segunda edição do Festival DDD — Dias da Dança, organizada pelo Teatro Municipal do Porto / Câmara Municipal do Porto em parceria com as Câmaras Municipais de Matosinhos e Gaia no contexto da Frente Atlântica, decorre de 27 de abril a 13 de maio. Mais de 30 espetáculos e diversas atividades envolvem não só as principais salas de apresentação, como o espaço público das três cidades, naquele que rapidamente se tornou o maior festival de dança contemporânea do país.

Os Teatros Rivoli, Campo Alegre, São João, Municipal de Matosinhos Constantino Nery e Bolhão (que este ano se junta aos parceiros), a Fundação de Serralves, o Coliseu Porto, a mala voadora e o Armazém 22 acolhem os espetáculos, revelando o clima colaborativo criado à volta desta celebração dedicada a todos os amantes da dança, e aos que ainda a querem descobrir.

Novidade também, o Meeting Point do Festival, que inaugura o renovado 3º Piso do Teatro Rivoli, onde se vai poder discutir, comer, beber, conhecer os artistas e dançar noite fora! 

Entre 27 de abril e 13 de maio – festejando no seu primeiro fim de semana o dia mundial da dança, que se assinala a 29 de abril – o Festival DDD apresentará 36 espetáculos e muitas outras atividades divididas por três áreas específicas:

DDD IN – Espetáculos
Uma das particularidades do Festival DDD prende-se com a multiplicidade geracional dos artistas apresentados nesta primeira edição.
As novas criações de artistas como Raimund Hoghe (Alemanha), Ambra Senatore (Itália/França), João Fiadeiro ou Vera Mantero (faróis da dança contemporânea no nosso país) coabitarão com uma nova geração de artistas a viver e a trabalhar na nossa região, que urge descobrir.
Serão apresentadas em estreia sete novas criações em onze dias consecutivos de espetáculos, numa atividade organizada em torno de dois fins de semana, equilibrados entre programação internacional e nacional.
Este desenho de programação funcionará como atrativo a programadores culturais provenientes de diversas geografias, possibilitando a sua vinda ao festival e assim a descoberta do panorama eclético que caracteriza a dança portuguesa, também a Norte.

DDD OUT – Espaço Público / Corpo + Cidade
Numa estreita parceria com o Balleteatro o Festival DDD terá uma intensa programação para o espaço público. No programa Corpo + Cidade vamos poder revisitar diversos jardins, praças, ruas e estações de metro através de inusitadas propostas coreográficas construídas à escala dos espaços. Artistas como Charlotte Spencer (Reino Unido), Gilles Verriepe (França), Ana Rita Teodoro ou Né Barros captarão a atenção dos transeuntes criando momentos de surpresa no ritmo quotidiano das três cidades.

DDD EXTRA – Masterclasses / Workshops / Encontros / Cinema / Meeting Point
Um conjunto de atividades complementares aos espetáculos proporcionará aos diferentes públicos, mas em particular à comunidade estudantil, uma relação mais direta com os coreógrafos. Diversos workshops e masterclasses acontecerão em escolas artísticas das três cidades, estimulando uma relação de proximidade entre os criadores presentes no festival potenciando o ensino da dança. Uma programação de encontros variados à volta de temáticas artísticas decorrentes dos espetáculos, livros ou arquivo fará com que a reflexão, o questionamento, a produção de conhecimento e a partilha de informação seja uma constante durante todo o festival.
Em parceria com a Mala Voadora criamos o Meeting Point DDD, lugar de encontro onde artistas e públicos podem convergir após terminados os espetáculos. Ao som de boa música, a Mala Voadora (na Rua do Almada) será o centro nevrálgico noturno de conversa, troca de impressões, debates informais e (claro) muita dança noite fora.

Acreditamos que um festival tem que ser pensado em duas frentes: por um lado, os públicos terão acesso a uma programação vasta e compactada; por outro, os artistas terão uma visibilidade e atratividade extra que só um festival consegue dar. Foi assim idealizado o Festival DDD – Dias da Dança, um projeto que envolve artisticamente as três cidades que o organizam, com a pluralidade de parceiros, artistas e públicos que convoca.

Que a dança ocupe o nosso corpo nestes dias!

A Organização